Difícil começo: Nova geração do Honda Civic recebe críticas nos EUA

Durante muitos anos o Honda Civic foi um dos sedãs mais conceitudados do mercado norte-americano e um dos campeões de vendas em seu segmento no país. Mas os tempos mudam: mal começou a sua carreira comercial no mercado norte-americano e a nova geração do Honda Civic já tem nas mãos um “abacaxi para descascar”. A Consumer Reports, conceituada publicação independente que não aceita anúncios para garantir a imparcialidade de suas avaliações, testou o modelo e os resultados estiveram longe do esperado. Se na última avaliação realizada com a geração anterior o modelo havia sido recomendado pela publicação e atingido um total de 78 pontos de acordo com os critérios avaliados, a nova geração caiu nada menos que 17 pontos. Para os analistas da CR a nova geração desapontou principalmente por ter perdido qualidade nos materiais do interior do veículo, pelo maior nível de ruído e por uma dirigibilidade inferior à da geração passada. Segundo a publicação, estes são problemas sérios diante de fortes concorrentes como o Chevrolet Cruze – mais vendido em junho -, Hyundai Elantra e Ford Focus.
Difícil começo: Nova geração do Honda Civic recebe críticas nos EUA
Nem tudo foram “espinhos”, no entanto. A Consumer Reports elogiou o baixo consumo (média de 12,7 km/l) e o ótimo espaço interno para os passageiros no banco de trás. Por Thiago Parísio / Fonte: autoestrada.com (por Jorge Meditsch)

Seja parte de algo grande