Renault Latitude chega ao mercado argentino

O novo Renault Latitude está aportando na Argentina. Fruto da união Renault / Nissan e importado da Coreia, o sedan se junta às outras ofertas da marca no segmento como é o caso do Fluence e do Megane III. No que diz respeito às dimensões, o modelo se posiciona entre os maiores da empresa francesa por conta dos seus 4,89m de comprimento, 1,83m de largura e 1,49m de altura.
Renault Latitude chega ao mercado argentino
O grupo de faróis bi-direcionais, as lanternas traseiras com luzes de LED e a grade dianteira cromada dão dinamismo ao modelo que ainda conta com sistema de freios ABS, EBD, controle de estabilidade, air bags, sensores de duplo impacto lateral, limitador de velocidade, sensor de pressão para os pneus e luzes bi-xenônio para iluminação em curvas.
Renault Latitude chega ao mercado argentino
Em termos de acessórios e tecnologia, o ionizador de ar, o banco do motorista com quatro funções de massagem, o sistema de áudio Bose, o piloto automático e o porta-luvas cooler, dentre outros mimos, colocam o Latitude entre os melhores carros do segmento. Para os argentinos duas versões serão disponibilizadas: Dynamique e Privilège. A primeira conta com equipamentos padrão como, por exemplo, seis air bags, ESP, controle de temperatura automático, estofado em couro, teto solar, sensor de chuva, MP3, USB, Bluetooth, motorização 2.0 de 143 cv, e transmissão manual de seis velocidades. Seu valor é estimado em 36.500 dólares. Por sua vez, a versão top Privilège acrescenta aos equipamentos da Dynamique faróis bi-xenônio, GPS, rodas aro 17, freio de estacionamento elétrico, sensor de estacionamento dianteiro e assentos elétricos com memória. O motor é o 3.5 V6 de 240 cv, com câmbio automático de seis relações. A versão custa 10 mil dólares a mais que a anterior (46.500 dólares). Por enquanto não há qualquer previsão de chegada do modelo ao Brasil. Por: Michelle Sá / Fonte: Mundo Automotor/Argentina

Seja parte de algo grande

Renault Latitude chega ao mercado argentino

Foto de: Thiago Parísio