Locadoras de automóveis lançam ofensiva contra roubos

A Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA) aproveitou o X Fórum e Salão da Indústria do Aluguel de Automóveis para lançar o Programa de Recuperação de Veículos Roubados e levados ilegalmente para a Bolívia. Conforme explicou Paulo Gaba Jr, presidente do Conselho Nacional da ABLA, um estelionatário se passa por cliente e aluga um carro. Pouco tempo depois ele afirma ter sido roubado. “Na verdade, esse mesmo estelionatário cruza a fronteira para vender o automóvel na Bolívia”, explica Gaba Jr. Dos mais de 100 mil veículos ilegais que rodam na Bolívia, pelo menos quatro mil deles foram identificados pela Polícia Federal como de origem brasileira. Cerca de 25% deste total pertence às locadoras de automóveis. O Programa de Recuperação levantará os chassis e os boletins de ocorrências registrados pelas 1.200 locadoras associadas da ABLA. Em seguida, a lista será comparada e encaminhada à Polícia Federal para que sejam identificados os veículos pertencentes a essas empresas. Paulo Gaba Jr frisou que o problema continuará enquanto as autoridades bolivianas fizerem “vista grossa” para a ação dos criminosos. Em relação ao posicionamento do Brasil o executivo afirmou que a participação do governo federal era crucial não só para o repatriamento dos veículos roubados, mas para a repressão das quadrilhas especializadas neste tipo de golpe. Até o momento, aproximadamente 130 mil bolivianos aguardam a legalização de seus carros pelo governo local. Por Michelle Sá (Fonte: SEGS / Bárbara Silva)

Seja parte de algo grande