JAC J2 está sendo “tropicalizado” para chegar ao Brasil em 2012

O JAC J2 que foi apresentado ao público durante o último Salão do Automóvel de São Paulo não será o mesmo que passará a ser vendido no Brasil no segundo semestre do ano que vem. O empresário Sérgio Habib, assim como fez com os outros modelos da marca chinesa já à venda no país, "reconstruiu" o compacto que chegará às revendas brasileiras com a grade frontal diferente da apresentada em 2010.
JAC J2 está sendo “tropicalizado” para chegar ao Brasil em 2012
O J2 será o modelo de entrada da marca chinesa no Brasil. Como Habib não o quer enquadrar na lista de carros populares solicitou ao fabricante algumas alterações. Em lugar do motor 1.0 de três cilindros e 60 cv de potência, o carro contará com motorização 1.4 – o que exige maior captação de ar para refrigeração. De acordo com o importador, as mudanças estão sendo feitas em tempo recorde. “Eles fazem em dois meses o que as montadoras ocidentais levam dois anos para fazer. É burocracia zero”, garante. Com o J2, Sérgio Habib quer conquistar mais uma fatia do mercado de automóveis com preços inferiores a R$ 40 mil. Atualmente, segundo os dados do próprio empresário, o J3 responde por 5% do mercado de hatches com motorização acima de 1 litro - chegando a 10% nas praças de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. De março até a metade de agosto foram emplacados 7,7 mil J3 Hatch, além das 4,7 mil unidades do J3 Turin sedã. Por Michelle Sá / Fonte: Automotive Business (por Pedro Kutney)

Seja parte de algo grande