Ford Open House: Visitamos o Campo de Provas da Ford em Tatuí

A Ford, pela primeira vez, abriu as portas do seu Campo de Provas e Pista de Testes localizado em Tatuí. O CARPLACE esteve presente e conheceu de perto, além das pistas, laboratórios e os trabalhos que são realizados em Tatuí. Confira os detalhes.
Ford Open House: Visitamos o Campo de Provas da Ford em Tatuí
As principais atividades realizadas pela Ford no Campo de Provas de Tatuí são desenvolvimento e montagem de protótipos, testes de durabilidade, corrosão acelerada, poeira, fora-de-estrada (veículos 4x4), avaliações dinâmicas, testes de frenagem, de nível sonoro, barreira de impacto, cabines de corrosão, banheira e chuveiro de água salgada, pista de sal e rampas com até 30% de inclinação, para análises de conforto, estabilidade e durabilidade. Laboratório de emissões para determinação de emissões de poluentes, desenvolvimento e calibração de motores, homologações de veículos, controle de qualidade da produção e acompanhamento da durabilidade de componentes. A História do Campo de Provas de Tatuí Com fábricas instaladas no Brasil há mais de 50 anos, a Ford decidiu criar o campo de provas no início da década 70. Edgard Duílio Heinrich foi uma das pessoas que participaram desse projeto, sobrevoando a região durante seis meses em busca do terreno ideal. “Pesquisamos também o clima, porque muita chuva poderia atrapalhar os testes. Foi assim que chegamos a Tatuí e à Fazenda Bom Pai, uma área de 180 alqueires que estava à venda”, ele conta. No primeiro contato, os negociadores da Ford foram recebidos pela proprietária, Elizabeth Corbbet, que herdou a fazenda do pai. O terreno custou 500 mil dólares, um bom montante para a época.
Ford Open House: Visitamos o Campo de Provas da Ford em Tatuí
As primeiras pistas foram construídas em 1972, as chamadas “Korean Roads”, para veículos 4x4. Desde então, sua estrutura foi aperfeiçoada e ampliada com seguidos investimentos. O prédio da administração foi inaugurado em 1978, junto com o primeiro circuito de pistas expressas, conhecido como “Pinguim”, por causa do seu desenho no mapa.
Ford Open House: Visitamos o Campo de Provas da Ford em Tatuí
Ford Open House: Visitamos o Campo de Provas da Ford em Tatuí
Junto com o programa do Escort, no começo dos anos 80, o Campo de Provas ganhou o Laboratório de Emissões. Para o lançamento dos caminhões Ford Cargo, em 1985, todas as pistas foram reforçadas para o desenvolvimento de veículos pesados. Em seguida foi construída a Garagem Experimental para a construção de protótipos.
Ford Open House: Visitamos o Campo de Provas da Ford em Tatuí
Segundo a Ford, as instalações de Tatuí estão alinhadas com as dos campos de provas mais avançados da Ford do mundo. “Neste local de testes e desenvolvimento, conseguimos reproduzir uma série de condições de uso normal e acelerado do carro e prevenir problemas que, de outro modo, só seriam percebidos nas ruas pelo cliente. É uma vantagem que muitas marcas concorrentes não têm”, explica Fábio Lang, gerente do Campo de Provas.
Ford Open House: Visitamos o Campo de Provas da Ford em Tatuí
Para se ter uma ideia, os testes de durabilidade conseguem reproduzir, em apenas quatro meses, o desgaste que um carro teria em 10 anos de uso normal, ou cerca de 240.000 km. Atualmente cerca de 850 funcionários trabalham em 3 turnos em 6 dias da semana. Desde que foi inaugurado em 1978, mais de 200 milhões de quilômetros já foram rodados durante os testes.
Ford Open House: Visitamos o Campo de Provas da Ford em Tatuí
Klaus Mello - Engenheiro da Ford
Ford Open House: Visitamos o Campo de Provas da Ford em Tatuí
A visita foi divida em quatro estações: Pistas de Testes, Laboratório de Emissões, Laboratório de Qualidade Sonora e o Four Poster (equipamento que simula diversos tipos de pistas). Pistas de Testes O Campo de Provas da Ford em Tatuí abrange uma área que totaliza 4,66 milhões m², sendo 20.000 m² de área construída. O Campo conta com 40 km de pistas não pavimentadas (terras) e 10 km de pistas pavimentadas. Em nossa visita, passamos por parte das pistas - de terra e pavimentadas. Além de testes dos carros e utilitários, no Campo de Provas de Tatuí também são realizados os testes de caminhões pesados.
Ford Open House: Visitamos o Campo de Provas da Ford em Tatuí
Pensou que é só homem quem pilota caminhões? Durante a visita, parte do trabalho local não parou, passando a todo momento caminhões em testes com grandes lastros na carroceira. Na ocasião, a Ford também destacou que é a única empresa no Brasil que possui pistas de testes para caminhões pesados.
Ford Open House: Visitamos o Campo de Provas da Ford em Tatuí
Algumas pistas ganharam apelidos interessantes. Uma delas é o “Hopi-Hari”, circuito cheio de curvas e lombadas. Outra é conhecida como “Enrola-Camisa”: as ondulações na pista, também chamadas costela de vaca, fazem o motorista pular no banco, produzindo o efeito que lhe dá o nome. E lá que a Ford desenvolve, testa e homologa carros para toda a América Latina. Durante boa parte da visita, a nova geração do Ecosport sempre era citada, sempre com orgulho dos funcionários, pois agora a nova geração está sendo inteiramente desenvolvida no Brasil e será comercializada no mundo inteiro.
Ford Open House: Visitamos o Campo de Provas da Ford em Tatuí
Na Prática
Ford Open House: Visitamos o Campo de Provas da Ford em Tatuí
Na Etapa 1 da visita fomos convidados a conhecer as pistas na prática. Sempre com pilotos da empresa ao volante, conhecemos os traçados das pistas a bordo de um EcoSport 4x4. Passamos pelas pistas de baixa e de alta velocidade, por trechos em terra, em alta velocidade e de tirar o fôlego no trajeto batizado de Hopi-Hari. Para ilustrar, os participantes foram filmados durante o trajeto. Veja o filme abaixo: Na sequência, falaremos mais sobre os laboratórios de testes da Ford. *Viagem a convite da Ford

Seja parte de algo grande