Censura? Ameaça? Desculpas? É hora das montadoras darem mais atenção aos blogs

Há tempos estou para fazer esta publicação. Pouco a pouco os blogs automotivos mais sérios começam a conquistar seu espaço sendo convidados a participarem de eventos oficiais, recebendo carros para avaliações reais (muitos recebem e apenas passeiam) e trazendo notícias sérias para milhões de pessoas. Um caso que aconteceu com nosso amigo Eber do blog Notícias Automotivas neste fim de semana traz à tona a falta de conhecimento e o desprezo de algumas montadoras com este canal que vem crescendo a cada dia. Após a publicação de fotos da futura versão Corolla S, a Toyota enviou uma notificação para o Notícias Automotivas exigindo a retirada imediata das imagens por questões de marketing. Até aí, a montadora japonesa está no direito dela. No entanto, uma segunda solicitação ganhou proporções internacionais:
Censura? Ameaça? Desculpas? É hora das montadoras darem mais atenção aos blogs
abster-se de veicular em qualquer meio de mídia, qualquer tipo de referência à marca Toyota ou aos seus produtos sejam eles ou não comercailizados no Brasil É nítido que houve um despreparo na formulação do pedido. Bem, depois da repercussão em blogs e sites nacionais e até internacionais, além de manifestações no Twitter e Facebook, a marca japonesa se retratou e enviou um pedido de desculpas formal que fora publicado posteriormente no blog. Pessoal, este é só um exemplo que veio a público. Falando como proprietário de um dos maiores blogs do Brasil, temos juntos, uma audiência de mais de 5 milhões de leitores únicos por mês. Nem mesmo grandes revistas conseguem atingir tal quantidade. Notificações e ameaças são algumas constantes neste meio, mas que para presevá-los, nem trazemos a público. O tema central deste post, além de prestar solidariedade ao nosso amigo do Notícias Automotivas, é expor que algumas montadoras do Brasil simplesmente ignoram os blogs. Telefone, e-mail e até pessoalmente somos ignorados. Só para citar um exemplo, eu estava junto com o Danilo do Autozine no evento Quatro Rodas Experience para testar alguns modelos e fazer contatos com os representantes das fábricas. Encontramos por lá a assessora de imprensa de uma das quatro grandes montadoras do Brasil, iniciamos uma conversa - com certo olhar de desprezo - e no meio do assunto passa ao lado um jornalista do "Estadão"... nem precisamos dizer que foi instantâneo... virou as costas como se não estivesse falando com ninguém e nos deixou com cara de tacho. Já notaram que carros das principais montadoras do Brasil nunca apareceram em avaliação por aqui? Tentamos de forma amigável, formal, mas sempre somos ignorados: "usem os dados da sala de imprensa, ok?". Lançamentos? A resposta padrão por alguma são: "nosso mailing está lotado, mas o contato do seu site está aqui. Aparecendo uma vaga, te encaixamos". Como bem observou Sérgio Habib, astuto e marketeiro presidente da JAC Motors, as tradicionais não dão muita bola para os sites e blogs e concentram-se na mídia tradicional: "Tem jornalzinho com tiragem de 3.000, 4.000 exemplares por mês que são convidados para eventos no exterior, e sites e blogs com milhões de acessos nem sequer são convidados para eventos aqui". Habib foi certeiro. É isso mesmo que acontece. Por outro lado, algumas marcas "mais evoluídas", ou talvez que não tenham medo de colocar seus produtos à prova, já possuem um canal de direto com esta nova mídia. Lançamentos, coletivas e empréstimo de carros seguem o mesmo padrão das outras mídias. Parece que a maioria tampa os olhos para não ver que hoje a informação é global, acessível e direta a todos. Não adianta tentar esconder uma nova tecnologia, uma nova geração, um novo modelo lançado em outro mercado para continuar vendendo a mesma coisa por décadas aqui. O povo já está experimentando coisas novas. Os mais informados, não mais ousados, começam olhar as "novas" marcas com mais atenção e comprando seus modelos. Nós também erramos. Pela inexperiência inicial, outras publicações entrarem em contato reclamando de um ou outra atitude. É exatamente para isso que serve o diálogo. Trabalhar juntos, em parceria, traz frutos melhores para todos e evita desgastes. Sobre as montadoras, muitas vêm com discurso de que blogs são feitos por crianças, por menores, por irresponsáveis. Ouvimos muito isso ao falar com as assessorias de imprensa no Salão do Automóvel. Na internet existe de tudo, é claro, mas basta fazer uma seleção natural que os trabalhos profissionais aparecem. Basta olhar o perfil dos nossos redatores, alguns jornalistas formados, mas todos com no mínimo graduação superior. A nossa motivação é trazer ao leitor a informação da melhor maneira possível para que a escolha de seu próximo carro, ou informação necessária, possa efetivamente ajudar. Se não fosse pelos leitores e por esta paixão por carros que nos move, teríamos motivação apenas para escrever sobre quem nos trata como iguais. Não queremos nada além disso, apenas ter a mesma oportunidade de testar e informar. Você que trabalha na área de imprensa de uma montadora, já pensou nisso? Sua marca ainda trabalha como se só existisse jornal e televisão? Para quantos interessados está deixando de passar uma informação mais precisa e detalhada sobre seu produto? Se ainda não está envolvida no meio, esta é a hora de levar o assunto para um nível acima. Nosso canal de contato está aberto e sempre dispostos a ouvir. Por: Fábio Trindade

Seja parte de algo grande

Censura? Ameaça? Desculpas? É hora das montadoras darem mais atenção aos blogs

Foto de: Fábio Trindade