Jaguar confirma produção em série do superesportivo híbrido C-X75

A Jaguar confirmou nesta sexta-feira, 06 de maio, que o protótipo C-X75 será produzido em série como superesportivo híbrido. O Jaguar C-X75 será o modelo britânico mais avançado produzido até hoje e terá índices similares de desempenho dos esportivos de série mais potentes do mercado, com a mais alta tecnologia e os mais baixos índices de consumo de combustível, segundo a marca.
Jaguar confirma produção em série do superesportivo híbrido C-X75
"O público espera da Jaguar Cars inovação e é aí que a Jaguar se mostra como a melhor", comenta Adrian Hallmark, diretor da Jaguar. "O C-X75 teve uma aceitação espetacular como protótipo. Analisando estas boas-vindas, vemos muito clara a oportunidade de seguir em frente com um modelo de série. Nenhum outro veículo poderia mostrar melhor as excelências e a renovada confiança na nossa tecnologia do que o C-X75".
Jaguar confirma produção em série do superesportivo híbrido C-X75
O projeto C-X75 representa a última expressão do design da Jaguar e sua inovação tecnológica. Este superesportivo de alto rendimento híbrido mantém o conceito de design do modelo que se apresentou no Salão do Automóvel de Paris de 2010, cumprindo, também, todos os requisitos para se transformar em um esportivo de série. “Sempre pensamos que o Jaguar C-X75 deveria ser tão espetacular nas estradas como quando era um conceito", comenta o diretor de design da Jaguar, Ian Callum. “Este deveria ser o Jaguar mais atraente e inovador já produzido, inclusive no mundo dos superesportivos.” Em nota, a marca informa que a versão de produção do Jaguar C-X75 será desenvolvida em colaboração com a equipe Williams F1, que colocará seus conhecimentos e experiências em áreas como a aerodinâmica, os compostos de carbono, bem como as tecnologias híbridas. Essa associação marcará a liderança entre os automóveis britânicos. Entre as inovações do modelo estão o chassi feito em fibra de carbono, o que resulta numa estrutura muito leve e extremadamente rígida. O motor contará com tecnologia de micro-turbinas apresentadas no protótipo original do C-X75. A Tata participou significativamente na companhia Bladon Jets, e produz a mais avançada tecnologia que, em médio prazo, formará parte do futuro dos modelos Jaguar. "Para fazer desse projeto realidade, em um tempo tido como viável, ainda era necessário desenvolver um sistema de propulsão também inovador. Este superesportivo utilizará um motor de combustão interna com um potente motor elétrico em cada eixo. O tamanho compacto do motor permite alojá-lo em uma situação baixa, para uma distribuição otimizada do peso e para manter a estilizada silhueta do protótipo. Isto permite ao Jaguar C-X75 ser um superesportivo capaz de circular em silêncio durante 50 km", comentou o diretor de Engenharia Geral da Jaguar Land Rover, Bob Joyce. Quando funcionam em conjunto os motores de combustão e os elétricos, o C-X75 é um dos automóveis de produção em série mais rápidos do mundo, ao levar menos de 3 segundos para sair da imobilidade ao 96 km por hora. O modelo também é capaz de atingir mais de 320 km/h de velocidade máxima. Prevendo uma boa demanda, a Jaguar já iniciou o recebimento de pedidos pelo modelo através de seu site www.jaguar.com e também por telefone, exclusivamente no Reino Unido. Fonte: Divulgação

Seja parte de algo grande