Estudo comprova que distração ao volante muda com a idade

Um estudo feito pelos pesquisadores do MIT (Massachusetts Institute of Technology) comprovou que a condução distraída muda à medida que envelhecemos. Após colocarem motoristas de diversas faixas etárias em um simulador para coletarem informações sobre frequência cardíaca e movimentos dos olhos, os cientistas comprovaram que diferentes grupos etários se distraem por estímulos diferentes. Os jovens, por exemplo, distraem-se com uso do celular e seus aplicativos, enquanto os mais velhos sofrem com o barulho de sirenes e piscar de luzes no exterior do veículo. Para o pesquisador Bryan Reimer, na maior parte das vezes a distração não resulta do uso dos recursos tecnológicos presentes nos carros atuais. O grande problema se volta para a questão da educação dos condutores, muitas vezes desatentos quando estão dirigindo. O estudo também investigou outras tecnologias relacionadas à condução, incluindo os sistemas automatizados de estacionamento encontrados em diversos modelos à venda no mercado norte-americano. Por: Michelle Sá / Fonte: Autoblog

Seja parte de algo grande