Japoneses produzem carro em fibra de carbono em menos de um minuto

Produzir um carro em menos de um minuto já não é mais problema. Desde que sua carroceria seja toda em fibra de carbono. Criada pela empresa japonesa Teijin, a tecnologia chamada de CFRP (Carbon Fiber Reinforced Plastic, ou plástico reforçado com fibras de carbono) reduz o peso e aumenta a segurança dos veículos, viabilizando sua manufatura em massa. Amplamente utilizadas na produção dos carros de competição, as fibras de carbono passavam por um processo de moldagem muito demorado, inviabilizando seu uso para a produção em escala. A nova tecnologia não só solucionou o problema como abriu possibilidades para que uma variedade de produtos passasse a ser produzida. Para fabricar a carroceria de um automóvel em menos de um minuto, a Teijin substituiu a resina termocurada por três materiais feitos de resina termoplástica, hábeis em flexibilizar o processo e em permitirem o uso seletivo das fibras de carbono. Enquanto o primeiro material responde pela alta resistência unidirecional e possibilita aos engenheiros escolher em que direção a peça deve ser mais forte, o segundo é o chamado produto isotrópico, que permite o equilíbrio entre a maleabilidade no desenho da peça e a resistência multidirecional. Já o terceiro, conhecido por pellet, é formado por pequenas esferas feitas de fibras de carbono, adequadas para a construção de peças de formato muito complexo ou para uso em moldagem por injeção. Com apenas 47 quilogramas, o monobloco construído tem a estrutura de um conceito elétrico e pesa somente um quinto da mesma carroceria feita em metal. O processo também abrange uma forma de soldagem entre as peças termoplásticas entre si e com outros materiais, como o aço. A ação é mais um facilitador para reduzir o número de metais utilizados na elaboração dos veículos. Por: Michelle Sá / Fonte: Divulgação Teijin Group via Green AB

Seja parte de algo grande