Garagem CARPLACE: Acabamento interno e itens de conforto do Citroën AirCross

A unidade do Citroën AirCross avaliada é a top de linha, equipada com todos os itens oferecidos pela marca. Nesta matéria, vamos falar sobre o acabamento interno e itens de conforto do modelo.
Garagem CARPLACE: Acabamento interno e itens de conforto do Citroën AirCross
Clique nas imagens para ver em alta resolução. Ao entrar no AirCross, o acabamento já agrada aos olhos. O que chama muito a atenção é o volante de base achatada com acabamento em couro e com uma parte em metal na parte inferior. O seu desenho, além de dar um toque diferenciado, também tem boa pegada. O quadro de instrumentos é o mesmo do C3 Picasso europeu. Mesmo como o nome AirCross, é possível ver ao fundo a inscrição Citroën C3.
Garagem CARPLACE: Acabamento interno e itens de conforto do Citroën AirCross
Garagem CARPLACE: Acabamento interno e itens de conforto do Citroën AirCross
Ainda na região do volante, o AirCross conta com comando satélite para controle do som e também do sistema de navegação. Para trocar de rádio, selecionar um MP3, ajustar o volume ou outra ação relacionada ao rádio, tudo é tranquilo. No começo, é preciso uma certa adaptação para a tela onde são exibidas as informações do som não roubar a atenção do motorista enquanto dirige, mas com a prática, isso é facilmente superado. Já para controlar o sistema de navegação por este controle é desconfortável e um pouco demorado. O máximo recomendável por ali é interromper a navegação ou abaixar o volume. No entanto, com os endereços armazenados no diretório, as coisas ficam mais fáceis. Também é possível configurar a voz do navegador (masculino ou feminino), o volume das orientações ou até mesmo desativar. Mesmo com a opção disponível, não conseguimos reduzir o brilho da tela (à noite, o brilho alto chega a incomodar). Se a tela fosse sensível ao toque, facilitaria em muito este trabalho. Ainda neste mesmo comando, um botão na ponta central permite navegar entre as opções do computador de bordo.
Garagem CARPLACE: Acabamento interno e itens de conforto do Citroën AirCross
No lado esquerdo do volante, outro comando satélite. Este serve para ativar e desativar o controlador de velocidade de cruzeiro (chamado popularmente de piloto automático). Girando a roldana central, o controlador é ativado e com os botões na parte posterior é possível ajustar a velocidade desejada. As informações são exibidas no terceiro mostrador do quadro de instrumentos, na mesma região onde são exibidas informações sobre o nível de combustível e computador de bordo. Sem utilizar os comandos satélites no volante, o acesso aos controles no console central ocorre tranquilamente. O acesso é fácil e os botões intuitivos. O controle do ar condicionado, apesar do formato diferenciado, permite configurar a temperatura e velocidade de ventilação desejada rapidamente.
Garagem CARPLACE: Acabamento interno e itens de conforto do Citroën AirCross
Sobre o sistema de som, chamado pela marca como Hi-Fi Like, conta com seis alto-falantes o som é de boa qualidade. Também dispõe de uma porta USB. É possível configurá-lo para utilização pelo carro inteiro ou somente na parte dianteira do carro, o que concentra todo o som para motorista e passageiro dianteiro (situação que atende quando se quer colocar uma tela de DVD para crianças no encosto do banco traseiro por exemplo).
Garagem CARPLACE: Acabamento interno e itens de conforto do Citroën AirCross
O acabamento do painel não é de textura macia, mas agrada ao toque. Nas portas, nas regiões de contato com a pelo, o acabamento tem couro. Inicialmente, não detectamos ruídos oriundos do acabamento plástico, no entanto, com o tempo de utilização e passagem por ruas mais esburacadas, notamos uma certa vibração vindo da região onde está a tela. Essa vibração apareceu somente em trechos mais prejudicados, sendo que no dia-a-dia, o carro mostrou-se muito silencioso.
Garagem CARPLACE: Acabamento interno e itens de conforto do Citroën AirCross
Como é de se esperar em qualquer carro, os quatro vidros tem acionamento elétrico com função one-touch para o motorista. O fechamento remoto das portas não fecha os vidros que estiverem abertos, sendo necessário fechá-los antes de sair do carro. Os retrovisores também posseum ajuste elétrico. Sentimos falta do retrovisor interno fotocrômico. Para o uso familiar, o AirCross também dispõe de um mini-retrovisor interno que permite direcioná-lo ao banco traseiro. Para quem tem criança pequena, este item é muito útil.
Garagem CARPLACE: Acabamento interno e itens de conforto do Citroën AirCross
O acabamento dos bancos é uma mescla de couro e tecido e agrada bastante. Os bancos são macios, e os dianteiros, são envolventes. No encosto dos bancos dianteiros, duas mesas do tipo avião. Em nosso uso, não vemos utilidade. Talvez em alguma situação de viagem com crianças a bordo e com o carro parado seja interessante. Os dois bancos dianteiros também contavam com descansa-braço, o qual faz sentido somente na estrada. No uso na cidade, o mimo acaba atrapalhando as trocas de marcha. A manopla do freio de mão é baixa, sendo necessário abaixá-la muito para destravar o freio. No começo do teste, várias vezes o carro alertava que o freio de mão ainda estava puxado. A visibilidade geral é boa. O grande para-brisa não sofre com reflexos do painel e as janelas complementares dianteiras auxiliam bastante na visibilidade. Na parte traseira, mesmo com parte do estepe à mostra, o visão não é prejudicada. Apesar de toda modernidade e mimos, ao parar no posto é necessário entregar a chave ao motorista. Uma abertura interna do tanque não seria nada mal.
Garagem CARPLACE: Acabamento interno e itens de conforto do Citroën AirCross
Para abrir o porta-malas é preciso apertar o botão central na chave e esperar o destrave. Depois disso, puxasse a alavanca para destravar o segundo estágio e gira-se a base do estepe para a esquerda - onde também possui uma trava para a base não voltar. Para abrir a tampa em si, é necessário tocar um botão localizado acima da placa de identificação.
Garagem CARPLACE: Acabamento interno e itens de conforto do Citroën AirCross
Em resumo, gostamos do acabamento no geral, do silêncio a bordo no uso urbano, do porte do carro e da elevada sensação de conforto, considerando a proposta do carro, do sistema de som e do sistema de navegação. Não gostamos da falta da tela sensível ao toque, da falta do retrovisor eletrocrômico, do não fechamento automático dos vidros ao fechar as portas e da profundidade do freio de mão. O gosto visual é subjetivo e varia de pessoa para pessoa, mas foi extremamente superior a quantidade de pessoas que comentavam conosco que o AirCross é um carro bonito. De fato, notamos que muitas pessoas na rua olhavam o carro com mais atenção quando passávamos.
Garagem CARPLACE: Acabamento interno e itens de conforto do Citroën AirCross

Seja parte de algo grande