GM divulga projeções de crescimento para o mercado sul-americano

O crescimento econômico e a estabilidade política do bloco sul-americano estimularam a General Motors a divulgar suas projeções de crescimento para a região. Concentrando suas operações no Brasil, a fabricante norte-americana estimou uma evolução de 5% a 7%, até 2015. De acordo com o presidente da GM para a América do Sul, Jaime Ardila, as economias locais continuarão a crescer, significando que o Brasil atingirá cinco milhões de unidades e a América do Sul chegará a sete milhões.
GM divulga projeções de crescimento para o mercado sul-americano
A marca, que em 2010 negociou mais de um milhão de automóveis no bloco, pretende elevar este número para 1,5 milhão dentro dos próximos anos. Além da infraestrutura, a montadora alegou problemas para manter a competitividade no Brasil por conta da valorização da moeda brasileira frente ao dólar. No ano passado, a participação da GM no país foi de quase 20% o que permitiu à marca a ocupação do terceiro lugar no número de vendas, atrás de Volkswagen e Fiat. "Nós vendemos 650 mil veículos no Brasil ano passado e esperamos vender 700 mil este ano", declarou o executivo. Quanto à América do Sul, a General Motors obteve lucros de US$ 800 milhões em 2010, tendo o Brasil como principal responsável (65% deste resultado). No mundo, os ganhos da montadora chegaram aos US$ 4,7 bilhões. Por: Michelle Sá / Fonte: G1

Seja parte de algo grande