Renault anuncia investimento de R$ 500 milhões para ampliação da fábrica no Brasil

Comemorando 15 anos no Brasil, o presidente mundial do Grupo Renault, Carlos Ghosn, anunciou oficialmente nesta quarta-feira (05) um novo investimento de R$ 500 milhões, além do R$ 1 bilhão do atual ciclo de investimentos, totalizando um montante de R$ 1,5 bilhão para o período 2010-2015. Com o novo investimento, a marca prevê a produção de mais 100 mil veículos por ano, o que possibilitará ampliar a capacidade produtiva para um volume de 383 mil carros anualmente. Além disso, o aporte prevê a criação de um novo centro de engenharia, um centro de treinamento e mais uma área para a logística. Para todas essas operações, 1.000 novas vagas serão criadas, além das 1.000 contratações que estão sendo realizadas neste ano, totalizando mais 2.000 novos postos de trabalho ao longo deste ciclo de investimentos. “A Renault do Brasil está entre as prioridades na estratégia de crescimento mundial da marca, devendo se tornar o segundo maior mercado do Grupo Renault até 2013”, afirma Carlos Ghosn. O novo centro de engenharia irá reforçar a capacidade de desenvolvimento no Brasil que hoje já conta com mais de 600 engenheiros que fazem parte do Renault Tecnologia Américas (RTA). "Em um mercado altamente competitivo como é o brasileiro, a Renault está comprometida com a oferta de veículos que correspondam às legítimas expectativas de nossos clientes e trabalha firme para consolidar-se cada vez mais como uma marca próxima e confiável", afirma Jean-Michel Jalinier, Presidente da Renault do Brasil. De 2005 para cá, a Renault registrou um crescimento de 118% na geração de empregos em suas instalações, com uma média de 14,5% ao ano. Em 2011, a Renault deu início ao terceiro turno, emprega atualmente mais de 6.000 colaboradores diretos e gera cerca de 25.000 indiretos. Até 2015, a previsão é de atingir 7.000 colaboradores. Fonte: Divulgação Renault

Seja parte de algo grande