Cresce participação de veículos importados em 2011

A Abeiva – Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores – divulgou hoje (11/01) os resultados de vendas de veículos importados no Brasil em 2011. Com 199.366 unidades emplacadas, um crescimento de 87,4% em relação aos 106.360 veículos de 2010, os modelos importados pelas empresas associadas à entidade fecharam 2011 com 23,35% do total de veículos importados no Brasil (853.729), contra 654.363 unidades importadas das montadoras consideradas como nacionais. As montadoras associadas à entidade fecharam o ano com 912 concessionárias e aproximadamente 36 mil funcionários, contra 566 concessionárias e cerca de 22 mil funcionários em janeiro do ano passado.
Cresce participação de veículos importados em 2011
Para José Luiz Gandini, presidente da Abeiva e da Kia Motors do Brasil, este panorama ajuda a explicar a queda de participação das quatro grandes montadoras brasileiras (-0,83% da Fiat, -0,56% da VW, -1,30% da Chevrolet, -0,94% da Ford). “Está tudo muito cristalino. As montadoras deixaram de investir em inovação. Oferecem aos consumidores brasileiros produtos ultrapassados”. A expectativa para 2012, no entanto, não é das melhores. De acordo com Gandini, a projeção é de queda de aproximadamente 20% para veículos fora do eixo Mercosul-México. “Com o imposto de importação máximo acordado pela OMC de 35%, um dos mais elevados do mundo, com a alíquota do IPI diferenciada em 30 pontos porcentuais e mais variação cambial, 2012 será um ano muito difícil aos associados da Abeiva”, afirmou o executivo. Por Thiago Parísio / Fonte: Abeiva

Seja parte de algo grande