Avaliamos o Novo Chevrolet Sonic em Detroit - Veja fotos de todos os detalhes

A General Motors convidou o CARPLACE, juntamente com a delegação brasileira de jornalistas automotivos presentes em Detroit,  Estados Unidos, para conhecer e dirigir o Novo Chevrolet Sonic. Rodamos cerca de 100 quilômetros, passando por trechos entre cidade e rodovias. Confira as impressões e iniciais e fotos dos detalhes do modelo que será lançado no Brasil para competir com modelos do segmento compacto premium.
Avaliamos o Novo Chevrolet Sonic em Detroit - Veja fotos de todos os detalhes
Clique nas imagens para ver em alta resolução. Desde o primeiro momento, até mesmo durante o Salão de Detroit, os executivos da marca, inclusive a Presidente da General Motors do Brasil, Grace Lieblein, não confirmaram quando o modelo chega ao mercado nacional. Em todas as ocasiões, as respostas para esta pergunta era a mesma: "estamos estudando". Essa resposta tem uma justificativa. A General Motors não tem planos de produzir o  Chevrolet Sonic no Brasil, sendo que atualmente é fabricado na Coreia do Sul e nos Estados Unidos. Importá-lo de algum destes dois países tornaria o preço final inviável. E equação deste impasse está no México, país que deverá produzir o Sonic até o fim deste ano para atender a América Latina. Por isso, somente quando iniciar a produção no México poderemos aguardar a sua chegada ao Brasil.
Avaliamos o Novo Chevrolet Sonic em Detroit - Veja fotos de todos os detalhes
Sobre o Sonic O Sonic faz parte de uma nova safra de modelos da Chevrolet desenvolvidos na Coreia do Sul. O modelo utiliza a plataforma Gamma II, a mesma do atual Opel Corsa. O espaço interno é bom, e comparando com o New Fiesta, seu rival direto aqui no Brasil e nos Estados Unidos, o Sonic acomoda melhor motorista e passageiro oferecendo bom espaço nos bancos dianteiros. Apesar de ser um carro compacto, não passa aquela sensação de aperto do concorrente, inclusive sem as pernas ficarem batendo na lateral do console. Já na parte traseira, o espaço para os passageiros é razoável.
Avaliamos o Novo Chevrolet Sonic em Detroit - Veja fotos de todos os detalhes
Visual O visual do Sonic pode ser classificado como essencialmente jovem.  A dianteira agressiva, com grade hexagonal com dois níveis. O nível superior é mais retraído, enquanto a parte inferior, cortada por uma barra que ostenta a gravata dourada, é um pouco mais saltada e alinhada ao para-choque. Mas o que mais chama a atenção na dianteira são os faróis com dois projetores redondos independentes dispostos no nicho de base em tom black piano, e o mais interessante, não possui uma lente de proteção. O pisca-alerta é posicionado praticamente na lateral. As unidades comercializadas nos Estados Unidos não possuem setas integradas aos retrovisores.
Avaliamos o Novo Chevrolet Sonic em Detroit - Veja fotos de todos os detalhes
A lateral das duas carrocerias, hatch e sedã, seguem o mesmo padrão com uma linha de cintura ascendente. No Sonic hatch, esta linha se integra com a coluna posterior da porta traseira, mesmo local onde fica "escondida" a maçaneta. Já no Sonic Sedan, a linha de cintura avança até a lanterna. Nas duas versões, na parte inferior das portas, o carro conta com um vinco marcante de ângulo ainda mais elevado.
Avaliamos o Novo Chevrolet Sonic em Detroit - Veja fotos de todos os detalhes
No Sonic hatch, a tampa do porta-malas tem linhas limpas e o desenho do para-choque dá continuidade ao formato da lanterna. Na versão LTZ, o Sonic hatch conta com um spoiler na parte superior do porta-malas e régua cromada. As lanternas traseiras também contam com elementos independentes, sendo dois circulares. Assim como acontece nas lanternas dianteiras, as traseiras não possuem uma lente geral de proteção.
Avaliamos o Novo Chevrolet Sonic em Detroit - Veja fotos de todos os detalhes
No Sonic Sedan, a traseira é menos trabalhada, mas demonstra mais personalidade. A tampa do porta-malas tem desenho moderno com um pequeno vinco que finaliza a linha de cintura e lanternas, também com elementos circulares, mas são tradicionais. Outro ponto positivo é que este desenho da traseira não carrega aqueles traços retos presentes no Prisma, Cobalt e até no Vectra.
Avaliamos o Novo Chevrolet Sonic em Detroit - Veja fotos de todos os detalhes
No teste, haviam unidades nas definidas como  Sonic, Sonic LT e Sonic LTZ. No visual externo, as diferenças entre as versão eram o tamanho e desenho das rodas, régua do porta-malas cromada ou na cor do carro e maçanetas pintadas ou cromadas. Acabamento interno 
Avaliamos o Novo Chevrolet Sonic em Detroit - Veja fotos de todos os detalhes
O acabamento interno segue o mesmo padrão do presente no Cruze. O painel tem desenho dual-cockpit que isola bem os ambientes para passageiro e motorista. Os materiais utilizados são rígidos, no entanto, demonstram boa qualidade, encaixes perfeitos e nada de rebarbas. Na parte dianteira, o painel e lateral das portas contam com acabamento em dois tons, os quais podem variar de acordo com a versão. Na parte traseira, o ambiente é monocromático.
Avaliamos o Novo Chevrolet Sonic em Detroit - Veja fotos de todos os detalhes
Muitos componentes são os mesmos do Cruze, como o volante, o botão de acionamento dos faróis e as alavancas de controles. As saídas de ar são circulares nas extremidades enquanto na parte central trazem desenho regantular. O console tem acabamento em tom metálico na parte inferior, posição onde ficam os botões do ar condicionado e travamento das portas.
Avaliamos o Novo Chevrolet Sonic em Detroit - Veja fotos de todos os detalhes
Criticado por alguns, o compacto quadro de instrumentos demonstrou total eficiência. Mesmo com tamanho reduzido, oferece excelente leitura de todas as informações necessárias: conta-giros do motor no formato analógico, velocímetro em grandes numerais digitais, marcador de combustível também digital além das informações do computador de bordo. Os pequenos círculos na parte inferior e na superior exibem os demais avisos do carro. Impressões ao dirigir
Avaliamos o Novo Chevrolet Sonic em Detroit - Veja fotos de todos os detalhes
Nos Estados Unidos, o Sonic é oferecido com o mesmo motor 1.8 16V Ecotec que entrega 138 cavalos com gasolina e agora acaba de ganhar também a versão RS, a qual é equipada com motor 1.4 16V Turbo que entrega a mesma potência, mas dispõe de torque 20,4 kgfm. A versão avaliada pelo CARPLACE foi a equipada com o 1.8 e câmbio automático de seis velocidades, ou seja, o mesmo conjunto do Cruze. O modelo também é oferecido com opção de câmbio manual de cinco marchas.
Avaliamos o Novo Chevrolet Sonic em Detroit - Veja fotos de todos os detalhes
O conjunto torna o carro bem esperto. Durante o teste, o Sonic demonstrou boa agilidade e estabilidade. Difícil foi encontrar um trecho de asfalto ruim por lá para avaliar níveis de ruídos derivados de buracos.
Avaliamos o Novo Chevrolet Sonic em Detroit - Veja fotos de todos os detalhes
A versão equipada com câmbio automático não chega a empolgar, mas como é um carro compacto, consegue oferecer boas arrancadas. Andando em torno de 60 km/h, o baixo nível de ruído é um dos destaques. No entanto, quando é preciso pisar fundo no acelerador, o ruído do motor invade a cabine da mesma forma como acontece com o Cruze. Na estrada, ao estabilizar a velocidade em torno de 120 km/h, a sexta marcha entra em ação e derruba o giro do motor para abaixo de 2.000 rpm, fato que contribui para deixar o carro extremamente silencioso e econômico.
Avaliamos o Novo Chevrolet Sonic em Detroit - Veja fotos de todos os detalhes
A sensação geral é de um carro com bom controle, boa estabilidade e nível de ruído condizente com um projeto atual. A direção com assistência elétrica é direta e transmite segurança. Em curvas, a inclinação da carroceria (na versão hatch) foi mínima.
Avaliamos o Novo Chevrolet Sonic em Detroit - Veja fotos de todos os detalhes
Nos Estados Unidos o Sonic sai de fábrica, em todas as versões, com 10 airbags, rádio AM/FM, CD player/MP3 e conexão por bluetooth ar-condicionado , freios com ABS e controle de estabilidade. Questionada, a GM disse que a configuração do carro varia de mercado para mercado. Considerações O Chevrolet Sonic é um carro que agrada bastante. O visual externo é esportivo nas duas versões, e mesmo no sedã, configuração geralmente mais comportada, o Sonic consegue transmitir um apelo jovem. Nos Estados Unidos, cerca de 60% das unidades vendidas correspondem à versão sedã.
Avaliamos o Novo Chevrolet Sonic em Detroit - Veja fotos de todos os detalhes
Por dentro, o carro segue o padrão dos mais recentes lançamentos, com desenho geral moderno e bom acabamento. Pelo menos no mercado americano, o nível de equipamentos é farto. O conjunto mecânico também é atual e nesta configuração 1.8 Ecotec, tem o apelo do baixo consumo de combustível: a marca informa que o carro faz 14,7 km/litro.
Avaliamos o Novo Chevrolet Sonic em Detroit - Veja fotos de todos os detalhes
Nesta renovação de portfólio no Brasil, o Sonic cai como uma luva. Vai agradar ao público mais jovem que espera um carro esperto e com apelo mais esportivo, mas também deve conquistar consumidores do Astra Sedan, mesmo com dimensões mais compactas. Apesar de unidades já rodarem com poucos disfarces no Brasil, acreditamos que o lançamento oficial deve acontecer no Salão do Automóvel de São Paulo, com vendas iniciando no fim deste ano ou no começo de 2013. Galeria de Fotos: Chevrolet Sonic Texto e Fotos: Fábio Trindade Viagem à convite da General Motors do Brasil

Seja parte de algo grande

Avaliamos o Novo Chevrolet Sonic em Detroit - Veja fotos de todos os detalhes

Foto de: Fábio Trindade