Vendas do Grupo Renault crescem fora da Europa em 2011

As vendas do Grupo Renault, que engloba as marcas Renault, Dacia e Samsung Motors, alcançaram 2.722.062 unidades em 2011 e cresceram 3,6% na comparação com 2010 (2.627.365). Com 83% do total comercializado pelo grupo, a Renault emplacou 2.260.694 unidades e assegurou uma evolução de 6,8%. A Dacia, por sua vez, com problemas de abastecimento causados pelo tsunami japonês em março passado, perdeu 1,8% e fechou o ano com 343.233 unidades. Já a sul-coreana Samsung Motors comercializou 118.135 unidades, 27% abaixo do registrado em 2010. As vendas fora da Europa – continente em que a marca Renault garantiu a 2ª posição do mercado de veículos de passeios e de utilitários (8,6%) e a liderança ao considerarmos apenas os utilitários (15,6%) – avançaram e passaram a representar 43% do total, contra 37% no ano anterior.
Vendas do Grupo Renault crescem fora da Europa em 2011
O Brasil foi o responsável por 194.300 unidades, subiu uma posição e se tornou o 2º mercado mais importante para o Grupo, com 5,7% de participação no mercado local. A França (689.022) permaneceu à frente, embora as vendas tenham recuado 7,5%. A Renault mantém boas perspectivas para 2012. “O ano será marcado por uma forte ofensiva de produtos tanto na Europa como em todo o mundo: no total, serão lançados nove modelos e dez novas reestilizações. Entre eles, o ZOE e o Twizy, dois veículos elétricos que simbolizam a capacidade da Renault de tornar a inovação acessível para todos; o Novo Clio, carro-chefe da nova cara do design da marca; e três novos Dacia: o monovolume Lodgy, um furgão e uma furgoneta”, afirmou Jerôme Stoll, diretor comercial do Grupo.
Vendas do Grupo Renault crescem fora da Europa em 2011
Por Thiago Parísio / Fonte: Renault do Brasil

Seja parte de algo grande

Vendas do Grupo Renault crescem fora da Europa em 2011

Foto de: Thiago Parísio