PSA Peugeot-Citroën adia planos para fábrica na Índia

O Grupo PSA Peugeot-Citroën iniciou o processo para fechar seu escritório em Mumbai na Índia, como resultado da desaceleração da economia na França. Além disso, o grupo francês vai adiar os planos de construção da fábrica indiana. O grupo já estava se programando para voltar a entrar na indústria automobilística indiana depois de um intervalo de 10 anos. A empresa já havia até escolhido o lugar onde seriam as futuras instalações de sua unidade de produção na Índia.
PSA Peugeot-Citroën adia planos para fábrica na Índia
A PSA Peugeot Citroën anunciou em setembro que planejava investir 650 milhões de euros (US$ 850 milhões) para construir uma fábrica no estado de Gujarat, onde se propõe a produzir seu primeiro carro, o sedan médio 508, em 2014. "O grupo está atualmente avaliando a programação do projeto, o que pode levar a alguns ajustes no cronograma devido ao atual cenário", disse Jonathan Goodman, diretor de relações públicas da PSA Peugeot Citrën. O principal jornal financeiro indiano Economic Times disse que difícil situação financeira da Peugeot, precipitada pela queda nas vendas domésticas, teria obrigado a montadora a adiar seus planos de Índia. Além disso, o futuro das fábricas da Peugeot na França não está definido, de acordo com um representante da empresa. A segunda montadora da Europa, depois da Volkswagen, afirmou ter vendido 3,5 milhões de carros no ano passado, observando que os preços haviam sofrido forte pressão na Europa impactando no desempenho da região como um todo.

Seja parte de algo grande