Aliança Renault-Nissan comemora resultado histórico em 2011

Pelo 3º ano consecutivo a Aliança Renault-Nissan, parceria estratégica entre as marcas francesa e japonesa, comemorou crescimento de vendas. Foram vendidos em 2011 8.029.222 novos veículos, número 10,3% superior ao de 2010. A maior parte do total comercializado foi de modelos da Nissan. As 4.669.981 unidades representaram um crescimento de 14,4% de um ano para o outro. Já a Renault – incluindo também os resultados da Dacia e da Samsung Motors - respondeu por 2.722.062 unidades e registrou um aumento de 3,6%. A Lada, por fim, avançou 10,9% e fechou o ano com 637.179 unidades.
Aliança Renault-Nissan comemora resultado histórico em 2011
No caso da Renault o Brasil superou a Alemanha e passou a ser o 2º mercado mais importante para a marca. Em 2011 as vendas atingiram 194.300 novos veículos e representaram um crescimento superior a 20% frente a 2010. Com este resultado a participação de mercado da marca francesa no mercado nacional chegou aos 5,7%. A Nissan, por sua vez, chegou a 67.097 unidades e praticamente dobrou o total comercializado no ano anterior.
Aliança Renault-Nissan comemora resultado histórico em 2011
De acordo com o brasileiro Carlos Ghosn, presidente e CEO do grupo, “a Aliança aproveitou a recuperação da economia nos Estados Unidos e conquistou importantes participações de mercado nas regiões que serão os motores do crescimento no século 21”. Para o executivo, crescer acima de 10% “é o testemunho de uma sólida progressão, mesmo que durante o ano tivemos que enfrentar o terremoto e o tsunami no Japão, além do vigor anormal do iene e uma crise financeira na Europa”. Por Thiago Parísio / Fonte: Renault do Brasil

Seja parte de algo grande

Aliança Renault-Nissan comemora resultado histórico em 2011

Foto de: Thiago Parísio