Audi regista forte crescimento no Brasil, Estados Unidos e na China

A AUDI AG registrou novo recorde de vendas no mês de janeiro em relação ao mesmo mês de 2011. Em todo o mundo, a empresa vendeu cerca de 96.100 veículos. No Estados Unidos, o crescimento em janeiro fez a marca antigir 9.354 entregas, número que representa um aumento de 19,7%. Nas Américas, as vendas em janeiro, se comparadas com o mesmo período de 2011, aumentaram ainda consideravelmente no Brasil em 51% e no Canadá em 31,7%.
Audi regista forte crescimento no Brasil, Estados Unidos e na China
O mercado alemão terminou o primeiro mês do ano com 13.067 unidades entregues, 2,3% abaixo de janeiro de 2011. Também na Alemanha o novo A6 teve um forte crescimento nas vendas, com aumento de 77,6% somente nas entregas da versão Avant. Mundialmente, a demanda por toda a linha do modelo A6 subiu 26% no mês passado, para cerca de 19.900 carros. As condições continuam difíceis em alguns mercados de exportação europeus, especialmente na Espanha e na Itália, onde as vendas de janeiro foram respectivamente 38,1% e 27,6% inferiores às do mês de referência do ano anterior. Na Europa Oriental, no entanto, a Audi conseguiu ultrapassar as vendas de janeiro de 2011, com destaque para a Rússia, com um aumento de 19,5% para cerca de 1.440 entregas. Na região da Ásia-Pacífico, as vendas subiram 21,8%. Na Índia o crescimento foi de 39%, no Japão de 39,7% e na China de 22,6% ao entregar 27.206 automóveis aos clientes chineses em janeiro. O novo Audi A8 L contribuiu para o forte início de ano no Reino Médio, com 1.442 entregues, assim como o sucesso contínuo do Audi A6 L, modelo mais vendido da empresa neste mercado, que ainda é baseado na geração anterior. Em apenas algumas semanas, a Audi irá apresentar a nova versão longa do sedan A6 na China.

Seja parte de algo grande

Audi regista forte crescimento no Brasil, Estados Unidos e na China

Foto de: Fábio Trindade