Fisker pode fechar as portas devido a problemas com as baterias do Karma

De acordo com especulações da imprensa internacional, a norte-americana Fisker está em uma situação bastante delicada. Dificuldades na entrega de veículos e problemas com as baterias do Karma podem culminar no cancelamento de um empréstimo que será concedido pelo Departamento de Energia do governo dos Estados Unidos. Com o dinheiro, a Fisker planeja dar continuidade à produção do Karma e financiar o desenvolvimento do Nina, sedã elétrico que será o modelo de entrada da marca. Diante de tudo, alguns especialistas acreditam no fim prematuro da empresa californiana, embora outros confirmem que os entraves sejam meras dificuldades passageiras. Por Dyogo Fagundes - Fonte: Divulgação

Seja parte de algo grande