Casa Nova: TAC Motors sai de Santa Catarina e instala fábrica no Ceará

A TAC Motors (Tecnologia Automotiva Catarinense) anunciou a transferência da linha de montagem do jipe Stark, de Joinville (SC) para Sobral (CE). O principal motivador desta mudança, é a proximidade dos estados nordestinos e do norte do Brasil que atualmente são os maiores consumidores do veículo produzido pela empresa. De acordo com a empresa, serão investidos R$ 200 milhões nos próximos três anos nas novas instalações da TAC Motors, que já começaram com a montagem de um galpão que abrigará a linha de produção do Stark. As primeiras unidades "cearenses" devem deixar a linha de montagem já em julho deste ano. A previsão da TAC Motors é produzir inicialmente cerca de 60 unidades/mês do Stark, e com objetivo de em breve, saltar para a marca de 3 mil veículos/ano. De acordo com o presidente executivo da empresa, Neimar Braga, a TAC Motors Ceará deve gerar nos próximos anos, 500 empregos diretos e 700 indiretos. Além disso, ele informou que há o interesse de também atrair para Sobral, os seus fornecedores em Santa Catarina, principalmente os da área de produção de plásticos e resinas. No Ceará, a TAC produzirá o jipe off road, Stark 2.3, e a versão IRV, que é um Stark militar para ser utilizado como veículo especial de inteligência. Para se instalar no Ceará, a empresa contou com os incentivos fiscais do Estado por meio do Fundo de Desenvolvimento Industrial (FDI). Antes de optar por Ceará, os Estados do Amazonas e Bahia também disputavam a linha de montagem da TAC Motors. A TAC Motors foi concebida em 2001, e em 2004, o primeiro protótipo foi apresentado na Fiesc. Em janeiro de 2010, a TAC entrou em fase de produção em série em Joinville (SC), onde a meta era produzir 12 carros por mês.

Seja parte de algo grande