Fiat pode fechar duas fábricas na Itália caso planos de exportação para os EUA não vinguem

O CEO do grupo Fiat-Chrysler, Sergio Marchionne, anunciou que a gigante italiana poderá fechar duas fábricas em sua terra natal caso não consiga exportar automóveis para os Estados Unidos. De acordo com o executivo, é preciso aproveitar o novo fôlego do mercado americano, uma vez que as perspectivas para o mercado europeu são cada vez mais desoladoras. “Temos tudo o que é preciso par aproveitar a oportunidade de produzir, de forma competitiva, para o mercado dos Estados Unidos”, afirmou Marchionne. “Mas se isso não acontecer teremos de encerrar duas das cinco fábricas”, completou. Segundo especulações, a unidades que podem ser fechadas são a de Mafiori (que fabrica atualmente os modelos Punto, Alfa Romeo MiTo e Lancia Musa) e a de Cassino, localizada na região central da Itália e responsável pela produção de Bravo, Lancia Delta e Alfa Giulietta. Por Dyogo Fagundes - Fonte: Corriere della Sera

Seja parte de algo grande