Mercedes quer retomar liderança entre marcas Premium, diz CEO da Daimler

Mais tradicional montadora de automóveis da Alemanha, a Mercedes-Benz foi durante muitos anos a mais vendida marca de luxo do planeta, mas nos últimos anos as suas principais rivais – BMW e Audi – adotaram estratégias comerciais mais ousadas e passaram à frente. Apostando em modelos menores e com preços inferiores, mas com a “aura” associada às marcas e ainda assim rentáveis às suas finanças, BMW e Audi tiveram grande êxito com o Série 1 e com o A3, respectivamente, e ampliaram o número de clientes. A Mercedes, por sua vez, foi incapaz de acompanhá-las com as gerações anteriores do Classe A e do Classe B.
Mercedes quer retomar liderança entre marcas Premium, diz CEO da Daimler
Disposta a mudar o panorama a marca de Stuttgart começou uma pesada ofensiva com a reinvenção de sua linha de modelos de entrada e com o anúncio de futuros lançamentos como o CLA, um pequeno coupé de 4 portas nos moldes do bem-sucedido CLS, mas montado sob a plataforma do novo Classe A. A grande dúvida dos analistas é se o novo Classe A conseguirá roubar espaço dos rivais já consolidados, mas pela repercussão que o modelo causou desde a sua apresentação oficial durante o Salão de Genebra (março) é permitido supor que Série 1 e A3 terão sérias preocupações a partir do 2º semestre deste ano, quando o modelo terá suas vendas iniciadas. De acordo com Dieter Zetsche, CEO da Daimler, a marca está no meio do caminho para voltar a ser a nº 1 e isto depende muito do êxito do Classe A. Por Thiago Parísio / Fonte: ES Autoblog

Seja parte de algo grande

Mercedes quer retomar liderança entre marcas Premium, diz CEO da Daimler

Foto de: Thiago Parísio