Fisker suspende desenvolvimento do sedã Nina por falta de investimentos

Apesar de negar quaisquer rumores sobre problemas de ordem financeira, a norte-americana Fisker suspendeu o desenvolvimento do novo sedã Nina por falta de investimentos. O projeto do modelo seria custeado pelo governo do Estados Unidos através da concessão de uma linha de crédito, que não foi efetivada. Menor que o Karma (foto), o Nina seria o modelo de maior volume de vendas da marca e concorreria especialmente com o BMW Série 3. O CEO da marca, Henrik Fisker, no entanto, afirma que buscará investidores privados para concluir o projeto, que deveria ser apresentado em 2013. Por Dyogo Fagundes - Fonte: Divulgação

Seja parte de algo grande