MONOVOLUMES PEQUENOS, resultados de maio: Honda Fit mantém liderança e é único a registrar crescimento.

O Honda Fit tem motivos para comemorar o mês de maio. Além de registrar seu 2º melhor resultado em 2012 (2.434 unidades), o modelo da marca japonesa, líder entre os monovolumes compactos, foi o único do segmento a crescer em comparação com maio do ano passado (+2,7%). Quase 700 unidades atrás veio o Fiat Idea (1.739), que recuou quase 33% nos últimos 12 meses. Às vésperas da substituição pelo modelo Spin, o Chevrolet Meriva fechou o pódio com 1.658 unidades e uma queda de quase 13%.
MONOVOLUMES PEQUENOS, resultados de maio: Honda Fit mantém liderança e é único a registrar crescimento.
Único modelo do top 5 a emplacar menos unidades em maio do que em abril o Citroën C3 Picasso / Aircross, que por pouco não foi vice-líder no mês anterior, caiu para o 4º lugar ao emplacar 1.459 unidades.
MONOVOLUMES PEQUENOS, resultados de maio: Honda Fit mantém liderança e é único a registrar crescimento.
O Nissan Livina, depois de ficar fora da lista dos cinco mais vendidos em abril, retomou a 5ª posição ao emplacar 966 unidades. Este resultado, no entanto, é 32% pior do que o do ano anterior. Fiat Doblò (852), Effa M100 (27) e Renault Kangoo (10) completaram as demais posições.
MONOVOLUMES PEQUENOS, resultados de maio: Honda Fit mantém liderança e é único a registrar crescimento.
Confira agora os destaques de maio (entre parênteses, resultados do mês anterior): MONOVOLUMES PEQUENOS RANKING GERAL 1. Honda Fit – 2.434 (1.983) 2. Fiat Idea – 1.739 (1.619) 3. Chevrolet Meriva – 1.658 (1.205) 4. Citroën C3 Picasso / Aircross – 1.459 (1.562) 5. Nissan Livina – 966 (845) 6. Fiat Doblò – 852 (862) 7. Effa M100 – 27 (19) 8. Renault Kangoo – 10 (1) SUBIRAM (2012/2011) ↑ • Honda Fit +2,74% DESCERAM (2012/2011) ↓ • Renault Kangoo -96,30% • Effa M100 -56,45% • Fiat Doblò -39,14% • Fiat Idea -32,73% • Nissan Livina -32,35% • Chevrolet Meriva -12,60% • Citroën C3 Picasso / Aircross -12,16% Por Thiago Parísio / Fonte: Fenabrave

Seja parte de algo grande