Renault lança linha Sandero 2013 com versão GT-Line e novo motor 1.6 Hi-Power

Renault lança linha Sandero 2013 com versão GT-Line e novo motor 1.6 Hi-Power
A linha Renault Sandero 2013 chega ao mercado com a opção do "novo" motor 1.6 8V Hi-Power e também com versão GT Line, a qual adota um visual mais esportivo e acabamento diferenciado. As versões Authentique e Expression ganham novos equipamentos de série. Na linha 2013, o Sandero e Sandero Stepway também serão oferecidos com o novo motor 1.6 8V Hi-Power, desenvolvido pela equipe de engenharia do Renault Tecnologia Américas (RTA), instalado no Brasil, e que tem como principal diferencial a entrega de torque em baixas rotações. Novo motor 1.6 Hi-Power
Renault lança linha Sandero 2013 com versão GT-Line e novo motor 1.6 Hi-Power
De acordo com a Renault, o novo motor é fruto de 36 meses de trabalho e mais 7 mil horas de ensaios em laboratório para validação e 40 protótipos testados. No total, foram 51 novas peças. As principais mudanças destacadas pela Renault são: - Aumento da taxa de compressão do motor, passando de 9,5:1 para 12:1; - Nova Central Eletrônica, com mais capacidade de armazenamento e com mais velocidade de processamento de informações, além de uma programação desenvolvida para o novo motor; - Adoção de bielas forjadas, com novo aço mais resistente e mais leve (o peso foi reduzido de 532g para 501g, cada). - Evolução na matéria-prima das bronzinas, com material mais resistente ao desgaste e à fadiga; - Nova junta do cabeçote composta por três lâminas de vedação; - Corpo de borboleta com a inclusão do 5º bico injetor de seis furos, o que proporciona uma partida mais eficiente; - Novo eixo do comando de válvulas, visando adequar a operação de abertura/fechamento das válvulas de admissão e escape ao aumento da taxa de compressão; - Novos pistões, adequados para o aumento da taxa de compressão. Os engenheiros também trabalharam no desenvolvimento de um novo motor de partida para o propulsor 1.6 8V Hi-Power. Esta nova peça possui uma maior velocidade de rotação, resultando numa partida mais rápida e mais robusta, sem falhas. "Cerca de 85% do torque já estão disponíveis em 1.500 rotações, o que significa para o consumidor em uma redução do consumo de combustível de 10% na cidade, além de arrancadas e retomadas mais ágeis, diferença que podem ser sentida no trânsito urbano e também em estrada, numa ultrapassagem, por exemplo", explica Gustavo Volci, chefe de Projeto de Desenvolvimento de Motores do RTA. Comparando-se com o antigo Hi-Torque, o novo propulsor Hi-Power tem 10% a mais de potência, usando etanol (E100), e 2,5% com gasolina (E22). São 106 cv e 98 cv, respectivamente. O torque também melhorou, principalmente com etanol no tanque: 7% a mais, ou seja, 15,5 kgfm. O número com gasolina foi mantido em 14,5 kgfm. De acordo com a Renault, a velocidade máxima obtida pelo propulsor Hi-Power é de 174 km/h (com etanol) e 172 km/h (com gasolina). A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 11,2 segundos (com etanol) e em 11,8 segundos (com gasolina). O Hi-torque precisava de 11,7 segundos e 12,1, segundos, respectivamente. O câmbio de cinco marchas é o mesmo, mas a Renault modificou as relações para beneficiar o consumo de combustível. Nova versão - Sandero GT Line Após iniciar a publicidade do modelo e diversas informações já terem sido antecipadas, a Renault oficializa a versão Sandero GT Line como parte da gama, e não apenas uma edição especial.
Renault lança linha Sandero 2013 com versão GT-Line e novo motor 1.6 Hi-Power
As mudanças estéticas contam com faróis com máscara negra e os faróis de neblina com moldura preta, novo pára-choque frontal, exclusivo da versão GT Line, adesivos nas laterais, retrovisores na cor preto brilhante, rodas de 15 polegadas na cor preta, aerofólio, lanternas traseiras escurecidas e extrator de ar integrado ao pára-choque.
Renault lança linha Sandero 2013 com versão GT-Line e novo motor 1.6 Hi-Power
No interior, o Sandero GT Line tem vermelho nos cintos de segurança e nas costuras do banco, vlante e manopla de câmbio em couro, quadro de instrumentos com relógio do conta-giros com fundo branco e ponteiro na cor vermelha.
Renault lança linha Sandero 2013 com versão GT-Line e novo motor 1.6 Hi-Power
O GT Line sai de fábrica equipado com ar-condicionado, direção hidráulica com regulagem de altura, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas, farol de neblina, computador de bordo, rodas de liga leve de 15 polegadas na cor preta, rádio com CD e MP3 (do tipo double DIN) e comando satélite na coluna de direção. Completam a lista os importantes itens de segurança: freios com sistema ABS e airbags para motorista e passageiro. O preço do Sandero GT Line é de R$ 38.470. Com as mudanças adotadas a partir da linha 2013, os itens do Pack Plus (calotas integrais, desembaçador traseiro, manopla de câmbio com acabamento em alumínio, puxador ergonômico na porta e logotipo Renault cromado no centro do volante) passam a ser de série, mesmo na versão Authentique. Já o Sandero Expression (1.0 e 1.6) recebe ar-condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas, computador de bordo, faróis de neblina e alarme. A versão 1.6 passa a conta ainda com rodas de liga leve com novo desenho. Com as alterações introduzidas nas linhas 2013 de Logan e Sandero, o motor 1.6 16V Hi-Flex continua disponível nas versões automáticas dos modelos. Preços da linha Sandero 2013 Sandero Autentique 1.0 16V Hi-Flex – R$ 27.030 Sandero Expression 1.0 16V Hi-Flex – R$ 32.610 Sandero Expression 1.6 8V Hi-Power – R$ 35.930 Sandero Privilége 1.6 8V Hi-Power – R$ 38.470 Sandero GT Line 1.6 8V Hi-Power – R$ 38.470 Sandero Stepway 1.6 8V Hi-Power – R$ 40.660 Sandero Stepway 1.6 16V Hi-Flex Automático – R$ 41.760 Galeria de Fotos: Sandero GT Line 2013

Seja parte de algo grande