Triumph chega oficialmente ao Brasil com seis modelos - conheça todas as motos e preços

Tradicional fabricante inglesa de motocicletas, a Triumph finca oficialmente suas rodas no Brasil após ser importada por representantes anteriormente. E chega logo com seis modelos, sendo três deles já feitos na nova fábrica que a marca inaugurou em Manaus (AM) no mês passado. De olho no mercado de motos premium, a empresa espera vender 2 mil unidades já em 2013, meta que será dobrada nos próximos anos. A linha nacional é composta pelos modelos Bonneville T100 (R$ 29.900,00), a naked Speed Triple (R$ 42.900,00) e a trail Tiger 800XC (R$ 39.900,00). Mais três motos importadas complementam a oferta: Thunderbird Storm (R$ 49.900,00), Tiger Explorer (R$ 62.900,00) e Rocket III Roadster (R$ 69.900,00). Todos os modelos vêm de série equipados com freios ABS, com exceção da Bonneville. Veja o que cada uma oferece. Tiger 800 XC: modelo aventureiro, será o carro-chefe da Triumph no Brasil, respondendo por metade das vendas. Com suspensões de longo curso e roda dianteira de 21 polegadas, a 800 XC vem equipada com motor três cilindros de 799 cc, capaz de gerar 94 cv de potência e 8,0 kgfm de torque. A posição do piloto, elevada, pode ser de 854 mm ou 865 mm. O tanque de 19 litros garante autonomia para longas viagens, enquanto um gerador fornece energia para equipamentos como GPS ou luzes auxiliares. O ABS pode ser desativado para incursões fora-de-estrada.
Triumph chega oficialmente ao Brasil com seis modelos - conheça todas as motos e preços
Speed Triple: modelo naked tem visual invocado (destaque para os faróis) e esbanja 133 cv do motorzão de três cilindros e 1.050 cc. Reestilizada em 2011, a esportiva ficou 3 kg mais leve e recebeu quadro mais estreito, além suspensão com pré-carga de amortecimento e compressão ajustáveis. A posição de pilotagem, que deixa o piloto mais à frente, é facilitada pelo banco com 820 mm de altura do solo. Entre os equipamentos se destacam o cronômetro de volta e o shift-light (luz de alerta de mudança de marcha) programável.
Triumph chega oficialmente ao Brasil com seis modelos - conheça todas as motos e preços
Bonneville T100: versão atualizada da clássica Bonneville dos anos 1960, a T100 alia o estilo retrô à modernidade do motor de 865 cc com duplo comando de válvulas no cabeçote e injeção eletrônica. Com cilindros paralelos, gera 67 cv e trabalha em conjunto com um câmbio de cinco marchas. A posição de pilotagem confortável remete aos velhos tempos, assim como as rodas raiadas, a pintura em dois tons e o painel com instrumentos de grafismo clássico.
Triumph chega oficialmente ao Brasil com seis modelos - conheça todas as motos e preços
Rocket III Roadster: o destaque desta estradeira fica para o maior motor do mundo entre as motos produzidas em série. Trata-se de um três cilindros de nada menos que 2.294 cc, capaz de entregar 146 cv de potência e generosos 22,5 kfgm de torque transmitidos à roda traseira por eixo cardã. Com posição de pilotagem mais ereta e banco macio, a Rocket tem fome de longas distâncias aliada a um desempenho digno de esportiva. O visual clássico é garantido pelos cromados em diversas peças da moto.
Triumph chega oficialmente ao Brasil com seis modelos - conheça todas as motos e preços
Thunderbird Storm: o estilão "bandido" com faróis redondos duplos faz par com o conhecido motor T16 da marca, de cilindros paralelos e 1.699 cc, que dão direito a 97 cv com um torque de 15,9 kgfm logo a 2.950 rpm. A facilidade de pilotagem é proporcionada pela baixa altura do assento (700 mm), ideal para passeios descontraídos e confortáveis. Destaque também para os amortecedores duplos com cinco ajustes na traseira, além das rodas de liga com cinco raios.
Triumph chega oficialmente ao Brasil com seis modelos - conheça todas as motos e preços
Tiger Explorer: equipada com motor de três cilindros e 1.215 cc, esta touring aventureira conta com 137 cv e 12,3 kgfm de torque. Além do ABS, a Explorer traz como itens de série o controlador de velocidade automático e o controle de tração. A transmissão por eixo cardã foi pensada para diminuir a necessidade de manutenção, tanto que a moto pode rodar cerca de 16 mil km entre as revisões. O assento de série oferece duas alturas (840 ou 860 mm), assim como o para-brisa e o guidão são ajustáveis para se adequar às preferências (e tamanhos) de cada piloto. Como na Tiger 800XC, há um gerador para instalação de acessórios e o ABS pode ser desligado na terra.
Triumph chega oficialmente ao Brasil com seis modelos - conheça todas as motos e preços

Seja parte de algo grande

Triumph chega oficialmente ao Brasil com seis modelos - conheça todas as motos e preços

Foto de: Daniel Messeder