Vendas de importados no Brasil despencam em novembro

Desde a redução das alíquotas de IPI e do aumento do imposto de importação no último trimestre do ano passado as vendas de veículos estrangeiros no Brasil nunca mais foram as mesmas. É o que apontam os dados divulgados pela Associação Brasileira de Empresas Importadoras de Veículos Automotores (Abeiva). Em novembro as marcas associadas à entidade comercializaram apenas 8.137 veículos, 9,9% a menos do que em outubro e 46,1% a menos do que há um ano. Este foi o 10º mês consecutivo de queda nas vendas e o de pior resultado no ano.
Vendas de importados no Brasil despencam em novembro
As 119.896 unidades emplacadas nos 11 primeiros meses de 2012, por sua vez, representaram uma redução de 33,5% em relação a 2011, contra um crescimento médio de 6,3% do mercado interno. Faltando menos de um mês para o encerramento do ano e considerando o encerramento da redução do IPI no próximo dia 31, a Abeiva considera difícil atingir a projeção de 130 mil unidades vendidas. “A provável totalização deste ano deve significar queda entre 35% e 38% em relação ao desempenho de 2011, quando o setor emplacou quase 200 mil unidades”, afirmou Flávio Padovan, presidente da entidade.
Vendas de importados no Brasil despencam em novembro
Para o executivo, a situação preocupante exige ação do governo. “Com a queda no volume do setor, nos defrontamos novamente com a redução da rede de concessionários, postos de trabalhos e arrecadação de impostos, porém o governo está ciente desta situação e já deve ter avaliado que medidas restritivas no comércio internacional tem uma influência negativa na captação e entrada de novos investimentos”, disse Padovan. Por Thiago Parísio / Fontes: Abeiva / Quatro Rodas

Seja parte de algo grande