Retrospectiva 2012: os 10 principais lançamentos do ano - veja também o que bombou e o que miou

Em meio ao vai e vem no desconto no IPI para manter as vendas de carros novos em alta, a verdade é que 2012 será lembrado como um ano repleto de lançamentos. Para fazer essa lista dos "10 mais", tivemos que deixar muita novidade de fora. O ano que está acabando foi marcado pelo intenso ataque ao campeão de vendas. O VW Gol ganhou nada menos que três fortes rivais, sendo dois deles de marcas que até então não atuavam no segmento: Hyundai HB20 e Toyota Etios. Ao mesmo tempo, a GM lançou seu melhor compacto em anos, o Onix, e praticamente completou a renovação de toda sua linha. Vamos aos destaques. 10 - Ford Fusion Em novíssima geração, o sedã grande da Ford passou a ser global: agora também é vendido na Europa com o nome de Mondeo. Por aqui, estreou inicialmente na versão 2.0 Ecoboost (no lugar do antigo V6) e tração integral. Em 2013 chegam as versões 2.5 flex (que deve responder pela maioria das vendas) e a híbrida. Veja avaliação.
Retrospectiva 2012: os 10 principais lançamentos do ano - veja também o que bombou e o que miou
9 - Fiat Grand Siena Apesar de compartilhar a plataforma com o novo Palio, o Grand Siena tomou um caminho diferente no visual: tem estilo inédito desde a dianteira, além de entreeixos alongado em relação ao hatch. É vendido com motores 1.4, 1.4 tetrafuel e 1.6 16V, este último com câmbio manual ou automatizado Dualogic. Veja avaliação.
Retrospectiva 2012: os 10 principais lançamentos do ano - veja também o que bombou e o que miou
8 - Ford Ranger Também projeto global, a nova geração da picape média da Ford chegou arrebentando: motor 3.2 turbodiesel de 200 cv, o mais potente da categoria, e uma série de equipamentos de segurança. Nas vendas, porém, ainda está distante da nova S10. Veja avaliação.
Retrospectiva 2012: os 10 principais lançamentos do ano - veja também o que bombou e o que miou
7 - VW Gol/Voyage Foi só uma reestilização, mas num momento crucial. O Gol ganhou a atual identidade visual da VW, com faróis e grade retilíneos, para se defender do ataque de HB20, Onix e Etios. Faltou mexer mais na parte mecânica, principalmente no motor 1.6. Veja lançamento.
Retrospectiva 2012: os 10 principais lançamentos do ano - veja também o que bombou e o que miou
6 - Chevrolet S10 A eterna líder de vendas entre as picapes médias se reinventou em 2012 e manteve a liderança folgada. O visual ficou bem mais moderno, o conforto foi imensamente melhorado e a ampla lista de versões oferece opções para todo tipo de picapeiro. Veja avaliação.
Retrospectiva 2012: os 10 principais lançamentos do ano - veja também o que bombou e o que miou
5 - Citroën C3 O hatch premium da Citroën ficou mais masculino na segunda geração, com direito a uma carroceria mais parruda e uma dirigibilidade melhor. Destaques para o motor 1.6 flex, que aposentou o tanquinho de partida a frio, e o para-brisa panorâmico. Veja avaliação.
Retrospectiva 2012: os 10 principais lançamentos do ano - veja também o que bombou e o que miou
4 - Toyota Etios Aposta da Toyota para o segmento de entrada, o Etios é bom de mecânica, mas tem recebido muitas críticas quanto ao design e acabamento interno. Nas vendas, ainda não disse a que veio. Veja teste.
Retrospectiva 2012: os 10 principais lançamentos do ano - veja também o que bombou e o que miou
3 - Ford EcoSport A segunda geração do SUV compacto conseguiu o que parecia impossível: ser um sucesso de vendas ainda maior que o modelo original. O novo design, a cabine mais caprichada, o motor 1.6 Sigma e a dirigibilidade superior são os pontos fortes. Recentemente, estreou o câmbio Powershift de dupla embreagem (o primeiro do tipo em um carro nacional) e a versão 4x4. Veja avaliação.
Retrospectiva 2012: os 10 principais lançamentos do ano - veja também o que bombou e o que miou
2 - Chevrolet Onix Carro da virada da GM, o hatch compacto chegou com atributos para brigar pelo posto de referência da categoria. Tem porte, bom espaço, é macio e silencioso. Além disso, estreou o inovador My Link, sistema multimídia com tela sensível ao toque que ate então era coisa de carro bem mais caro. Só falta um motor mais potente que o 1.4... Veja teste.
Retrospectiva 2012: os 10 principais lançamentos do ano - veja também o que bombou e o que miou
1 - Hyundai HB20 Sem dúvidas o lançamento mais esperado (e falado) do ano. O hatch nacional da Hyundai trouxe um nível de tecnologia, design e construção que até hoje o segmento de entrada não conhecia. Motores 1.0 12V de três cilindros e o potente 1.6 16V são destaques - pena o câmbio automático ter só quatro marchas. Fila de espera passa dos três meses. Veja avaliação.
Retrospectiva 2012: os 10 principais lançamentos do ano - veja também o que bombou e o que miou
O que bombou: Turbo - A tendência dos carros com motor turbo de menor capacidade (downsizing) apareceu de vez no Brasil, que também viu o renascimento de versões esportivas de verdade. Destaques para BMW 118i, Citroën DS3, Peugeot 308 THP, VW Fusca, Renault Fluence GT e Audi A1 Sport, que usa motor 1.4 com compressor e turbo juntos.
Retrospectiva 2012: os 10 principais lançamentos do ano - veja também o que bombou e o que miou
Compactos - Foi o ano deles. Chegaram nada menos que Hyundai HB20, Chevrolet Onix e Toyota Etios, sem falar no Gol reestilizado e em versão duas portas. No fim de 2012, ainda veio o chinês JAC J2. Airbags e ABS - Ainda que por força da lei, esses itens de segurança foram chegando aos carros de entrada como itens de série. Em 2012 o Onix chegou trazendo as bolsas frontais e o ABS como equipamento standard, e depois a Fiat fez o mesmo no Uno Vivace e a VW no Fox 1.0. Centrais multimídia e conectividade - A estreia do My Link do Onix revolucionou o entretenimento a bordo dos carros de entrada. Daqui para frente, as marcas terão de oferecer centrais multimídia e conexão Bluetooth em toda a linha ou ficarão atrasadas. O que Miou: Importados - O super IPI derrubou a venda de carros estrangeiros no Brasil. De janeiro a novembro, as vendas recuaram 33,5% em relação a igual período de 2011, para 119.896 unidades. "A situação oficial de importação é extremamente grave”, lamentou, em nota, o presidente da Abeiva, Flavio Padovan. A entidade estimou ainda que 2012 deve encerrar com uma queda de 35% a 38% nas vendas ante 2011. Entre as marcas mais afetadas estão a Kia e a JAC, sendo que a coreana aguarda ansiosamente a posição da matriz sobre a construção de uma fábrica no país.
Retrospectiva 2012: os 10 principais lançamentos do ano - veja também o que bombou e o que miou
Uso do etanol - As vendas de etanol no centro-sul do Brasil no acumulado da safra 2012/13 tiveram uma queda de 7,7 % se comparado a igual período do ano passado, segundo a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica). O motivo do recuo é o preço elevado do etanol, o que tem feito o consumidor optar pela gasolina na hora de abastecer. O panorama, porém, pode mudar em 2013, uma vez que o Ministro da Fazenda Guido Mantega já avisou que a gasolina vai subir ano que vem. O aumento deverá ser de cerca de 6%.

Seja parte de algo grande