Vendas mundiais de carros terão novo recorde em 2013 - Ásia continuará na liderança

De acordo com o relatório do banco canadense Scotiabank, as previsões de vendas mundias de automóveis terão novo recorde pelo quarto ano seguido. A previsão de crescimento é de 4% em 2013, alcançando o recorde de 64,7 milhões de unidades. Neste ano de 2012, as vendas devem atingir os 62 milhões de carros. Os números positivos serão alcançados graças ao bom desempenho do mercado chinês, juntamente com a recuperação do mercado dos Estados Unidos, seguido pelos bons resultados nos mercados emergentes. "As vendas mundiais vão ser sustentadas por um forte aumento do número de empregos nos países em desenvolvimento, por taxas de juro muito baixas e pela recente aceleração da expansão monetária à escala mundial", afirmou o economista do banco Scotiabank especializado no mercado de automóveis Carlos Gomes. O principal mercado mundial continuará sendo a Ásia, com vendas previstas de 25,7 milhões de automóveis. A China, que representa cerca de 20% das vendas mundiais, deve ter um crescimento de mais de 10% atingindo os 11,8 milhões de unidades. Na América do Norte, a previsão para o ano que vem é de 17,7 milhões de unidades, o melhor resultado desde a crise de 2008. Na Europa Ocidental, as vendas, que caíram em 2012 para o menor patamar em 19 anos, devido à crise dos países afetados pela dívida, devem permanecer em 11,65 milhões, de acordo com as previsões do banco. Por outro lado, o leste europeu vai bem, sustentado pela Rússia, e deve atingir a produção de 4,63 milhões, bem como a América do Sul, que deve passar de 5,0 milhões. A previsão de aumento na América do Sul é justificada com a previsão de aceleração do crescimento econômico aqui no Brasil, associado aos investimentos em infraestrutura decorrentes da Copa do Mundo em 2014 e dos Jogos Olímpicos em 2016.

Seja parte de algo grande