Citroën deixa de oferecer sedã C5 no Brasil após chegada do luxuoso DS5

Até então modelo top de linha da Citroën no Brasil, o sedã C5 deixou de ser oferecido no mercado nacional. A assessoria da marca até o momento não confirmou, mas o modelo não é mais encontrado nas concessionárias desde o início do ano. Caberá ao luxuoso DS5, recém-lançado, ocupar o posto de veículo mais caro da gigante francesa no país.
Citroën deixa de oferecer sedã C5 no Brasil após chegada do luxuoso DS5
Em sua segunda geração, o C5 chegou ao mercado brasileiro em 2010 com motor 2.0 de 143 cavalos, câmbio automático de quatro marchas e um amplo pacote de equipamentos, mas nunca foi um sucesso comercial. Em todo o ano passado, por exemplo, apenas 206 unidades foram vendidas - rivais como Hyundai Azera e Volkswagen Passat emplacaram 4.000 e 1.520 exemplares, respectivamente. A efeito de comparação, o DS5 em seu primeiro mês cheio de vendas teve 124 unidades comercializadas. Fonte: iG Carros

Seja parte de algo grande

Citroën deixa de oferecer sedã C5 no Brasil após chegada do luxuoso DS5

Foto de: Dyogo Fagundes