Opel anuncia saída da Austrália depois de menos de um ano

A Opel anunciou sua saída da Austrália após menos de um ano de atuação no país. De acordo com a marca, o fim das operações decorre, principalmente, das baixas vendas alcançadas. Para se tornar competitiva, a montadora teria que reduzir significativamente os preços de sua linha e investir pesadas quantias em publicidade - medidas consideradas inviáveis do ponto de vista financeiro.
Opel anuncia saída da Austrália depois de menos de um ano
Segundo a Opel, durante 2012 apenas 541 veículos foram vendidos e no acumulado deste ano somente 989 unidades saíram das 20 concessionárias mantidas no país. Apesar da saída, a marca diz que garantirá assistência aos seus clientes e manterá estreita colaboração com funcionários, revendedores e fornecedores durante o processo de encerramento das atividades.
Opel anuncia saída da Austrália depois de menos de um ano
O portfólio da marca era composto pelos hatches Corsa e Astra e pelo sedã Insignia. O jipinho Mokka, irmão do Chevrolet Tracker, estava programado para chegar no ano que vem. Para o futuro, a Opel estuda comercializar alguns modelos sob a bandeira da Holden.

Seja parte de algo grande