Renault fecha 2012 em queda, mas comemora recorde de vendas fora da Europa

A forte crise econômica que assola boa parte da Europa teve impacto direto nos resultados da Renault em 2012. Com 2.550.286 unidades vendidas em todo o mundo, o grupo registrou queda de 6,3% na comparação com 2011. Por outro lado, a Renault comemorou um novo recorde de vendas: pela 1ª vez, mais da metade de todos os veículos (1.279.598, 50,2%) foram comercializados fora da Europa, com destaques para o Brasil (241.594) e para a Rússia (189.852), 2º e 3º maiores mercados para a marca.
Renault fecha 2012 em queda, mas comemora recorde de vendas fora da Europa
Por marcas, a Renault respondeu 83% das vendas do Grupo, com 2.124.773 unidades (-6% na Europa, +13,9% fora), enquanto a Samsung (65.691) teve uma expressiva redução de 44,4% por conta da reestruturação de sua rede comercial e da renovação de produtos. O grande destaque ficou por conta da Dacia, que emplacou 359.822 unidades e avançou 4,8% na comparação com o ano anterior graças ao lançamento de novos produtos e a chegada das novas gerações do Logan e do Sandero.
Renault fecha 2012 em queda, mas comemora recorde de vendas fora da Europa
Por Thiago Parísio / Fonte: Renault do Brasil

Seja parte de algo grande