Honda do México produzirá câmbios CVT para o mundo todo

A Honda confirmou o investimento de 470 milhões de dólares para ampliação do complexo fabril de Celaya, no México. De acordo com a marca, o montante será aplicado na construção de uma nova fábrica, destinada exclusivamente à produção de transmissões do tipo CVT. Os novos câmbios serão usados pela próxima geração do Fit e abastecerão outras plantas da marca ao redor do mundo. Segundo Tetsuo Iwamura, chefe de operações regionais da Honda América do Norte, a planta entrará em operação por volta de 2015 com produção anual de aproximadamente 350 mil unidades. Para 2017, a meta é ampliar a capacidade para 700 mil câmbios/ano.
Honda do México produzirá câmbios CVT para o mundo todo
Conhecido por render médias de consumo invejáveis, o câmbio CVT se consagrou na anterior geração do Fit, mas foi trocado por uma transmissão automática convencional de cinco marchas no modelo atual. A retomada da caixa continuamente variável é uma tentativa da Honda para atender às regras de consumo cada vez mais rígidas nos Estados Unidos, na Europa e até no Brasil, com o Inovar-Auto.

Seja parte de algo grande