Galeria do adeus: Volkswagen Kombi ganha edição especial de despedida

Last Edition. "Última Edição", em português. Será com esse sobrenome que a Volkswagen Kombi se despedirá do mercado brasileiro após 56 anos. Alguns sentirão saudades. Outros, dirão que já era hora. Fato é que um dos carros mais icônicos da indústria automotiva brasileira deixará de ser vendido por força da obrigatoriedade da adoção de airbags e freios ABS nos veículos feitos por aqui a partir de 2014. Falando sobre a edição especial, ela é uma ode à história do utilitário e será limitada a 600 unidades. A começar pela pintura, a clássica "saia e blusa". Das janelas para baixo, essa Kombi especial terá a carroceria pintada em um tom de azul claro. Teto e colunas das janelas serão brancos. A nostalgia ainda é vista nos pneus "faixa branca" e nas rodas, também pintadas dessa cor. Ainda no exterior, adesivos com a inscrição "56 anos - Kombi Last Edition" fazem alusão à versão especial.
Galeria do adeus: Volkswagen Kombi ganha edição especial de despedida
No interior, a VW instalou cortinas em todas as janelas, exceção feita ao para-brisa e às laterais dianteiras. Bancos têm forração em vinil, com faixas azuis e brancas. O material se repete nas laterais e no porta-malas. O painel de instrumentos também ganhou um visual distinto e retrô. Para lembrar que trata-se de uma edição especial, há uma plaqueta de alumínio indicando o número da unidade, além de uma capa especial para o manual do proprietário e um atestado de autenticidade.
Galeria do adeus: Volkswagen Kombi ganha edição especial de despedida
Não existe qualquer mudança mecânica na versão. O motor continua sendo o 1.4 Total Flex, que rende 80 cavalos com etanol. A má notícia é o preço. Para levar essa versão bastante especial da Kombi, os interessados terão que desembolsar R$ 85 mil, quase o dobro do preço base do utilitário, R$ 46.740. Acham que vale a pena? Confiram abaixo todos os ângulos dessa Kombi especial.

Seja parte de algo grande