Com fábrica paralisada, vendas da Renault seguem em alta

A Renault do Brasil foi surpreendida com um bom desempenho comercial em janeiro. Mesmo com a interrupção temporária da produção de sua fábrica em São José dos Pinhais (PR) em virtude de obras de expansão, a marca francesa emplacou 17.231 unidades em janeiro e cresceu 3,7% sobre o mesmo período de 2012. De acordo com Gustavo Schimidt, vice-presidente comercial da marca, “em razão da parada da produção de automóveis durante 8 semanas para a finalização das obras de expansão da capacidade produtiva da Renault, a disponibilidade do utilitário esportivo Duster está limitada em algumas concessionárias. Essa situação será plenamente revertida a partir de fevereiro”. O principal responsável pelo bom resultado foi o Sandero, com 7.360 unidades registradas – quase 26% a mais do que no início do ano passado (5.846). O Duster, por sua vez, recuou em relação ao desempenho dos meses anteriores em virtude da paralisação da linha de produção, mas ainda assim foi o 2º produto mais vendido, com 3.695 unidades.
Com fábrica paralisada, vendas da Renault seguem em alta
Por Thiago Parísio / Fonte: Renault do Brasil

Seja parte de algo grande