Motores TGI, a GNV e gasolina, são novas apostas da Volkswagen

Responsável pela revolução dos motores a diesel na década de 1990 com os blocos turbodiesel de injeção direta, a Volkswagen planeja apostar agora no desenvolvimento de motores a GNV (Gás Natural Veicular). Prova disso é a confirmação do lançamento de uma versão TGI BlueMotion do Golf, movida pela combinação de um propulsor 1.4 TSI a gasolina com um movido a GNV. Conforme explica a marca, o gás tem a vantagem de emitir bem menos CO2 que outros combustíveis e ter presença abundante na natureza.
Motores TGI, a GNV e gasolina, são novas apostas da Volkswagen
Segundo dados de fábrica, o Golf TGI BlueMotion é capaz de rodar 420 quilômetros usando GNV e até 940 km quando abastecido com gasolina, emitindo até 25% menos gases poluentes que versões alimentadas pelos combustíveis tradicionais. A expectativa da Volks é passar a oferecer a nova versão na Europa até o fim deste ano e estender a novidade para outros modelos, inclusive para as linhas Passat e Polo.

Seja parte de algo grande