Mercedes quer acelerar o processo e fabricar carros em 30 horas

Para se tornar mais rentável, a Mercedes quer acelerar o processo de produção e conseguir fabricar um carro completo em 30 horas. A história é a mesma da Volkswagen, que há quatro anos atrás conseguia produzir uma boa quantidade de Golfs, mas perdia dinheiro devido ao excesso de horas para fazer cada um deles. Diante do dilema, a solução foi mudar tudo para um processo modular, o qual permitiu automatizar muito as fases produtivas, o que tornou a Volkswagen a ter um dos sistemas de produção mais rentáveis da indústria automotiva.
Mercedes quer acelerar o processo e fabricar carros em 30 horas
Agora a Mercedes-Benz quer fazer algo semelhante. Em seu discurso aos acionistas, o CEO Dieter Zetsche, colocou como objetivo da fabricante reduzir das 40 horas de média que atualmente demora para fabricar um carro para 30 horas em 2015. É interessante relembrar que a situação há seis anos atrás era bem mais complicada, pois a montadora alemão demorava nada menos do que 60 horas por carro. O resultado da redução para 30 horas, além de fabricar mais carros, é também reduzir custos de produção, permitindo ter linhas produtivos e menos turnos para satisfazer a mesma demanda.
Mercedes quer acelerar o processo e fabricar carros em 30 horas
A meta do Grupo Daimler é recuperar en 2020 a liderança entre as marcas premium em volume de vendas. Vamos ver como a concorrência, em especial Audi e BMW, vão reagir a isso.

Seja parte de algo grande