Diretor da Jaguar confirma crossover e diz que grupo considera fábrica no Brasil

Unida à Land Rover no Brasil desde o final de 2012, a Jaguar tem experimentado um crescimento considerável no país nos últimos meses.  "Em 2012 vendíamos entre 4,5 e 5 carros por mês. Hoje, essa média subiu para 23 veículos", afirma Dmitry Kolchanov, diretor de overseas da Jaguar Land Rover. Em entrevista ao CARPLACE durante evento da Jaguar Land Rover no Autódromo de Interlagos (São Paulo), o executivo diz que a marca está em um momento de transição no país, mas que deverá ter novos produtos em breve e com preços agressivos. Um exemplo é o sedã XF, que acaba de ganhar uma versão de entrada (vendida a R$ 224.900) equipada com o mesmo motor 2.0 a gasolina do Land Rover Evoque, de 240 cv.
Diretor da Jaguar confirma crossover e diz que grupo considera fábrica no Brasil
  Kolchanov também confirmou o interesse do grupo em construir uma fábrica no Brasil. "Ter uma fábrica local é algo que certamente está nos nossos planos. Entretanto, estamos em conversas com o governo brasileiro para definir as bases dessa instalação. As regras no país mudam muito rapidamente, então é preciso estudar bem. Com a legislação atual do Inovar-Auto, fica difícil pensar em crescimento por aqui sem ter uma produção local", disse. Caso a fábrica seja erguida, ela produzirá carros da Land Rover. Possivelmente, segundo o diretor, um modelo ainda inédito na gama (abaixo do Freelander), para fazer volume suficiente para justificar a produção nacional.
Diretor da Jaguar confirma crossover e diz que grupo considera fábrica no Brasil
Jaguar terá um crossover O executivo também disse que a Jaguar já está trabalhando em um crossover para breve, provavelmente baseado na plataforma do Evoque. "Planejamos uma reformulação profunda na marca nos próximos cinco anos. Queremos ter um carro de entrada abaixo do XF e vamos explorar um segmento novo para a Jaguar, o dos crossovers".
Diretor da Jaguar confirma crossover e diz que grupo considera fábrica no Brasil
O próximo carro da marca a ser lançado no Brasil será o roadster F-Type, que chega ao país em setembro. O preço do modelo ainda não foi divulgado, mas a empresa já confirmou que ele chegará nas três versões, V6 (340 cv), V6 S (380 cv) e V8 S (495 cv). A estimativa é que o valor inicial fique próximo dos R$ 400 mil, situando o carro entre os Porsches Boxster e 911. *Com Daniel Messeder, do Autódromo de Interlagos (SP)

Seja parte de algo grande