Honda MSX 125 revive o conceito Monkey por US$ 2.999 nos EUA

As chamadas Monkey-bikes, motinhos compactas que fizeram sucesso nos anos 1960, estão de volta. Ao menos nos EUA, onde a Honda acaba de apresentar a MSX 125 e promete vendas a partir de agosto com preço de R$ 2.999 (cerca de R$ 6 mil). O alvo é o público jovem. MSX é a sigla de "Mini Street X-Treme", algo como uma moto pequena e urbana, mas de uso radical. O visual estiloso faz parecer se tratar de um brinquedo, algo que realmente remete à antiga Monkey (na foto abaixo). Apesar disso, a motinho tem requintes como elementos de LEDs nos faróis, painel de LCD, freios a disco nas duas rodas e suspensão dianteira invertida. A traseira usa monoamortecedor.
Honda MSX 125 revive o conceito Monkey por US$ 2.999 nos EUA
O motor de 124,9 cilindradas gera 10 cavalos de potência a 7 mil rpm e torque de 1,11 kgfm a 5.500 giros. Da mesma geração que o propulsor da PCX 150 que acaba de estrear no Brasil, ele tem como premissa a elevada economia de combustível, com baixo atrito de funcionamento. O quadro é de aço, o câmbio tem quatro marchas e o tanque comporta 5,5 litros de combustível.
Honda MSX 125 revive o conceito Monkey por US$ 2.999 nos EUA
De origem tailandesa, a MSX tem dimensões realmente compactas, sendo menor até que a nacional Honda Pop. Medindo 1.760 mm de comprimento, 755 mm de largura e 1.010 mm de altura, o modelo pesa apenas 101,7 kg. E as rodas são de 12 polegadas, como em alguns scooters. Pena que, ao menos por enquanto, a Honda não pense em trazer a novidade ao Brasil.
Honda MSX 125 revive o conceito Monkey por US$ 2.999 nos EUA

Seja parte de algo grande

Honda MSX 125 revive o conceito Monkey por US$ 2.999 nos EUA

Foto de: Daniel Messeder