Fiat nega rumores de transferir sua sede para os EUA

Na quinta-feira (16) circularam na internet rumores sobre uma possível mudança de sede da Fiat, indo da Europa para os Estados Unidos. A América do Norte tornou-se a maior fonte de receita e de lucro para a montadora. Em 2012, por exemplo, a Fiat gerou 75% do seu lucro operacional nesse continente. Não é a primeira vez que surgem rumores sobre a mudança da sede da Fiat para os EUA, entretanto o boato ganhou força após Sergio Marchionne ter dito em abril que a empresa resultante da fusão com a Chrysler deverá ser negociada na bolsa de New York.
Fiat nega rumores de transferir sua sede para os EUA
De qualquer forma, se essa mudança ocorresse, a imagem da Fiat ficaria arranhada diante do governo italiano e da população local, especialmente pelo fato de que o setor industrial do país está em declínio. Como sabemos, a Fiat é um símbolo da indústria italiana. No entanto, quando se leva em conta que a Chrysler foi a fonte de lucro do grupo, enquanto a Fiat teve perdas totais de mais de 700 milhões de euros (mais de R$ 1,8 bi) no ano passado, a mudança parece plausível. Além disso, a aquisição da Chrysler em 2009 reduziu fortemente a dependência da Fiat em relação ao mercado europeu. Nesta sexta-feira (17), entretanto, a Fiat negou oficialmente as especulações. Sergio Marchionne disse ao jornal italiano Corriere Della Sierra, que a transferência da sede não está nos planos “Nosso foco é concluir a fusão com a Chrysler”. Apesar da negativa, uma mudança no futuro não causaria estranhamento algum.

Seja parte de algo grande