Journey e Freemont não serão mais feitos no México a partir de 2016

O grupo Fiat-Chrysler anunciou que vai transferir a linha de produção da futura geração do Dodge Journey/Fiat Freemont de Toluca no México, para Detroit, no estado norte-americano do Michigan. Além disso, de acordo com a publicação Detroit Free Press, a produção dos novos crossovers vai começar em janeiro de 2016.
Journey e Freemont não serão mais feitos no México a partir de 2016
Sam Fiorani, analista de mercado do AutomotiveCompass, disse que os três modelos (Journey, Freemont e Chrysler 200) serão feitos sobre a mesma plataforma que a Chrysler compartilha com o Alfa Romeo Giulietta. E revelou ainda que o Dodge Avenger será descontinuado pela marca. O Dodge Journey é um crossover que enfrenta modelos como Honda CR-V, Ford Escape e Toyota RAV4 nos Estados Unidos. Em 2012, foram vendidas 80 mil unidades do modelo. Na Europa e em outros mercados, inclusive na América Latina, ele é vendido como Fiat Freemont. No Brasil, entretanto, os dois carro dividem o mercado, em um caso único no mundo. A mudança do local de produção afetará diretamente a estratégia de vendas dos modelos no país, visto que, vindos do México, os SUVs gêmeos chegam com isenção de impostos.
Journey e Freemont não serão mais feitos no México a partir de 2016
Inaugurada em 1953, a fábrica de Sterling Heights emprega 2.500 pessoas em dois turnos de trabalho. Em 2010, a Chrysler anunciou investimentos de mais de US$ 1 bilhão (R$ 2,14 bi) para expandir a unidade.

Seja parte de algo grande