Ford é condenada a pagar R$ 162 milhões por não instalar fábrica no RS

Em 1998, a Ford assinou um contrato com o Governo do Rio Grande do Sul para instalar uma fábrica na cidade de Guaíba, mas a montadora não cumpriu a promessa. Na época, o banco Banrisul chegou a fazer o financiamento de R$ 210 milhões por etapas, porém, de acordo com o governo, a Ford recebeu a primeira parcela, de R$ 42 milhões, e em seguida se retirou dos negócios, alegando que o governo que assumiu em 1999 não pagou a segunda parcela na data negociada. A juíza Lílian Cristiane Siman determinou a rescisão do contrato e condenou a Ford a devolver o valor da primeira parcela do financiamento no valor de R$ 36 milhões (dos R$ 42 milhões iniciais, R$ 6 milhões foram deduzidos pela terraplanagem feita no terreno), mais cerca de R$ 93 milhões referentes à aquisição de máquinas e equipamentos e em torno de R$ 33 milhões pelos estudos técnicos e análises feitos para infraestrutura. O processo ainda está em andamento e a montadora pode recorrer.

Seja parte de algo grande