Salão de Buenos Aires: Chevrolet Tracker ainda não está confirmado para o Brasil

CARPLACE conversou com Jaime Ardilla, presidente da GM Brasil e América do Sul no Salão de Buenos Aires, e o executivo afirmou que o novo Tracker ainda segue em estudos para mercado brasileiro. Segundo Ardilla, o principal entrave está na cota de importações para veículos do México. Lembrando que nesta lista já estão Sonic e Captiva, é preciso estudar volumes e assim definir a viabilidade. Se o Tracker realmente for lançado aqui, ele deverá ter o motor Ecotec 6 1.8 16V, que rende até 144 cv de potência com etanol. Seu preço inicial seria de aproximadamente R$ 55 mil.
Salão de Buenos Aires: Chevrolet Tracker ainda não está confirmado para o Brasil
Quando indagado sobre uma possível produção do modelo no Brasil, Ardilla descartou a possibilidade, pelo menos a curto prazo. Segundo o executivo, a montadora não possui capacidade de produção neste momento para fabricar o utilitário compacto.

Seja parte de algo grande

Salão de Buenos Aires: Chevrolet Tracker ainda não está confirmado para o Brasil

Foto de: Fábio Trindade