Renault desiste de sedã grande baseado no Mercedes Classe E

Diretor de Operações da Renault, Carlos Tavares confirmou nesta semana que os planos para o desenvolvimento de um novo sedã grande foram abortados. Fruto de uma parceria firmada entre a gigante francesa e a Daimler, o três volumes seria baseado na plataforma do Mercedes-Benz Classe E e chegaria ao mercado europeu nos próximos anos.
Renault desiste de sedã grande baseado no Mercedes Classe E
Nas palavras de Tavares, o projeto foi engavetado por uma variedade de questões, incluindo problemas de fornecimento, montagem e logística. O executivo não quis entrar em detalhes, mas fontes ligadas à marca afirmam que a Daimler estava oferecendo apenas componentes do atual Classe E, um modelo já datado, e que isso dificultaria o alinhamento do ciclo de vida dos modelos. Com a decisão, a Renault focará na criação de sua divisão de luxo Initial Paris e apostará na renovação de seus veículos mais caros. A tarefa parece ser difícil, tendo em vista que as vendas de modelos como Laguna e Latitude caíram 41% e 36%, respectivamente, no ano passado.

Seja parte de algo grande