Mercedes quase se uniu à Nissan para entrar no mercado de picapes

Segmento um tanto incomum para uma montadora premium de origem alemã, o mercado de picapes quase ganhou a participação da Mercedes-Benz. De acordo com informações do site Road & Track, a marca da estrela de três pontas chegou a negociar uma parceria com a Nissan para lançar caminhonetes baseadas nos modelos Titan e Frontier em 2016. Os planos, porém, não evoluíram e por ora estão engavetados.
Mercedes quase se uniu à Nissan para entrar no mercado de picapes
Ainda de acordo a publicação, os futuros modelos da Mercedes teriam como base as novas gerações da picapes da Nissan, programadas para os próximos dois anos, mas contariam com características exclusivas. O desenho, por exemplo, seria próprio e alinhado com o restante da gama, assim como o painel, a calibração da suspensão e os níveis de acabamento.
Mercedes quase se uniu à Nissan para entrar no mercado de picapes
A gama de motores também seria exclusiva e uma versão híbrida chegou a ser estudada para o modelo menor, baseado na Frontier. A estratégia seria lançar veículos mais voltados para família e para lazer do que propriamente para o trabalho pesado. Discussões quanto ao uso das motorizações não evoluíram e o projeto, por enquanto, foi suspenso. Agora, a Infiniti, divisão de luxo da Nissan, é quem tem demonstrado interesse no segmento.

Seja parte de algo grande