Tesla Model S é investigado por denúncia de aceleração involuntária

Principal órgão regulador da segurança viária dos Estados Unidos, o NHTSA recebeu uma denúncia a respeito do comportamento dinâmico do Tesla Model S. De acordo com a entidade, a esposa de um proprietário do modelo se queixa de o veículo ter acelerado de forma involuntária durante uma manobra. Apesar do esforço para frear, a motorista perdeu o controle e colidiu contra um muro.
Tesla Model S é investigado por denúncia de aceleração involuntária
A Tesla, por outro lado, acusa a condutora pelo acidente. De acordo com um dos engenheiros da marca, testes preliminares feitos no veículo apontam que a motorista exerceu uma pressão sobre o pedal do acelerador que passou de 18% para 100%, potencializando a perda de controle. Ainda de acordo com a empresa, o Model S conta conta com um recurso que impede aceleração superior a 92%, embora ele pareça não ter funcionado corretamente.

Seja parte de algo grande