Carlos Ghosn é reeleito por dois anos no comando da Nissan

Os acionistas da Nissan reelegeram Carlos Ghosn de forma quase unânime para o cargo de CEO da empresa para mais um mandato de dois anos. A 114ª Assembléia Geral Ordinária de Acionistas, que foi realizada no Salão de Convenções Nacional de Yokohama, durou pouco menos de duas horas. Havia um total de 1.379 acionistas presentes na reunião.
Carlos Ghosn é reeleito por dois anos no comando da Nissan
Ghosn disse que a indústria automotiva global deve vender 81 milhões de veículos durante o ano fiscal da Nissan (abril de 2013 a março de 2014), um aumento de três por cento sobre o último ano fiscal. Além disso, ele reiterou a meta da empresa de vender um recorde de 5,3 milhões de veículos novos durante o ano, um aumento de expressivos 7,8%, o que traria a quota de mercado global da Nissan para 6,5%. Além disso, também disse aos acionistas que a previsão de desempenho financeiro da Nissan reflete a expectativa de crescimento da empresa e prevê um lucro líquido de 420 milhões de ienes (R$ 9,49 milhões) para o próximo ano.

Seja parte de algo grande