Primeira perua da Volvo, Duett comemora 60 anos

Primeira perua da Volvo, Duett comemora 60 anos
Quem vê as atuais peruas da Volvo não imagina que a marca iniciou sua trajetória no segmento em 1953 com a modesta Duett. Projetado para ser van e station wagon ao mesmo tempo, o modelo comemora 60 anos no próximo dia 4. O modelo é a prova da evolução no design da fabricante sueca, que começou apostando nas linhas simples da própria Duett na década de 1950, passando pelo estilo quadrado das peruas dos anos 80 e 90 até chegar ao desenho da V70 e da moderna V60.
Primeira perua da Volvo, Duett comemora 60 anos
Sem saber o que fazer com cerca de 1.500 chassis do 445 que estavam encalhados, Assar Gabrielsson, chefe da Volvo na época, teve a ideia de criar uma van, carroceria inexistente no portfólio da marca. O projeto começou a ser tocado ainda em 1952, e 15 meses depois a Duett já estava pronta. Segundo Erik Skoog, engenheiro que coordenou o desenvolvimento da perua, a ideia era oferecer um veículo versátil que pudesse ser usado tanto para o transporte de mercadorias quanto de passageiros.
Primeira perua da Volvo, Duett comemora 60 anos
Oferecida em versões comercial e particular (esta com maior número de bancos e luxos adicionais), a Duett servia como carro de trabalho durante a semana e veículo espaçoso e confortável para carregar a família nos momentos de lazer. Último carro da Volvo com carroceria montada sobre chassi, a Duett foi descontinuada em 1959 após quase 100 mil exemplares terem sido vendidos. O fim da produção foi motivado principalmente pelos testes de colisão mais rígidos que passaram a vigorar na Suécia naquele ano, nos quais a station dificilmente seria aprovada. A derradeira unidade a sair das linhas de montagem encontra-se atualmente em exibição no museu da marca.

Seja parte de algo grande