Salão Duas Rodas: com sete novidades e preços agressivos, Triumph declara guerra à BMW

Salão Duas Rodas: com sete novidades e preços agressivos, Triumph declara guerra à BMW
A Triumph parece disposta a encerrar a hegemonia da BMW no mercado de motos premium no Brasil. Não bastasse ter seu estande no Salão de cara para o da rival alemã, a marca inglesa esbanja nada menos que sete motos novas (entre modelos inéditos e versões) e investe em preços mais baixos e melhores condições de compra (como juro zero na linha 2013) para conquistar market-share. A primeira atração fica por conta da nacionalização da Tiger Explorer 1.200 (137 cv), que passa também a ter a versão XC em dezembro, com apelo mais off-road. A primeira chega por R$ 54.900, enquanto a XC sai por R$ 62.900 (preço da antiga Explorer importada) - valores extremamente competitivos para a categoria, lembrando que a BMW R1200 GS começa em R$ 73.400. Outra moto que ganha versão mais em conta é a Tiger 800 (95 cv), que vem como opção mais urbana em relação à Tiger 800 XC já oferecida anteriormente (veja avaliação). A principal mudança é a adoção de rodas de liga aro 19" na dianteira, contra rodas aro 21" raiadas da XC, alteração que também deixou a posição de pilotagem significativamente mais baixa - tornando a moto uma bela alternativa para os pilotos de menor estatura, que tinham na BMW G650 GS praticamente a única opção de maxitrail. O preço de R$ 35.900 também é de briga, sendo R$ 4 mil abaixo da XC. Mais uma variação da linha Tiger é a versão Sport 1.050 (125 cv), que tem vocação mais esportiva e carenagem exclusiva na dianteira, sem abrir mão da posição de pilotagem confortável para cobrir longas distâncias. Traz rodas aro 17", mais voltadas ao asfalto, e chega às revendas em maio de 2014.
Salão Duas Rodas: com sete novidades e preços agressivos, Triumph declara guerra à BMW
Também mais esportiva é a versão R da recém-lançada Street Triple (veja avaliação). Com visual mais agressivo e algumas mudanças para melhorar a pilotagem, o modelo mantém os 85 cv da Triple normal e já está nas lojas por R$ 34.900. Seguindo o caminho inverso, a superesportiva Daytona 675R estreia a versão sem o "R" no nome, mantendo os 128 cv, mas com alterações no conjunto de suspensões e freios para deixá-la mais dócil para o uso nas ruas. As vendas começam em março.
Salão Duas Rodas: com sete novidades e preços agressivos, Triumph declara guerra à BMW
Fechando o "pacotão" de novidades, temos a Trophy SE, que desembarca da Inglaterra em dezembro por R$ 79.900. Com motorzão 1.200 emprestado da Explorer (mas com potência de 134 cv), a touring chega como a opção mais estradeira da Triumph. Por fim, em março de 2014 será a vez da Truxston 900 começar a ser vendida. Trata-se de uma versão tipo Café Racer da conhecida Boneville T100 (veja avaliação), cheia de estilo e com a potência elevada para 69 cv (1 cv extra).
Salão Duas Rodas: com sete novidades e preços agressivos, Triumph declara guerra à BMW
Com esses lançamentos, a Triumph do Brasil aumenta seu line-up para 15 modelos, sendo 12 deles fabricados em Manaus (AM). Além disso, a marca promete ampliar a rede de concessionárias de sete para 12 lojas em 2014. Texto e fotos Daniel Messeder

Seja parte de algo grande