Chinesa Dongfeng pode assumir participação de 30% na PSA

Em entrevista concedida ao portal de notícias Automotive News, o grupo PSA Peugeot Citroën confirmou que estuda negociações com um parceiro estrangeiro e que pode anunciar novidades em breve. A empresa não quis entrar e detalhes, mas especulações da imprensa internacional dão conta de que a gigante francesa poderá vender cerca de 30% de suas ações para a chinesa Dongfeng.
Chinesa Dongfeng pode assumir participação de 30% na PSA
Extra-oficialmente, fala-se que o negócio envolve a quantia de 10 bilhões de yuans, cerca de R$ 3,4 bilhões em uma conversão direta. "Nós já temos uma parceria com a Dongfeng na China e estamos vendo uma forma de ampliá-la", afirmou um porta-voz da PSA. Caso a compra se confirme, a empresa chinesa se tornará a maior acionista do grupo francês, acima até da família Peugeot, dona de 25,5% dos papéis.
Chinesa Dongfeng pode assumir participação de 30% na PSA
A General Motors, vale lembrar, também é parceira da PSA. A negociação com a Dongfeng poderia desmanchar a relação entras as marcas, como muitos apontam, mas, nas palavras de Steve Girsky, vice-presidente da GM, "isso não afeta nem pode complicar nossa situação". No entanto, o conglomerado norte-americano tem a opção de desfazer o casamento caso ache necessário.

Seja parte de algo grande

Chinesa Dongfeng pode assumir participação de 30% na PSA

Foto de: Dyogo Fagundes